Após revés, Barroca fala em ‘virar a chave’ no Botafogo e mira Sul-Americana


A derrota do Botafogo por 1 a 0 para o Palmeiras em Brasília não desanimou o técnico Eduardo Barroca, que se manteve otimista. O treinador afirmou que a confiança nos jogadores é a mesma de antes e disse que o time carioca tem de virar a chave e se concentrar na Copa Sul-Americana.

“A confiança nos jogadores permanece alta. A gente enfrentou uma equipe muito boa, muito qualificada. A gente lutou o tempo todo, não estamos satisfeitos, mas a gente precisa ter a capacidade de absorver esse resultado e virar a chave para o próximo jogo”, avaliou.

Barroca fala em esquecer o Brasileirão por ora porque o próximo compromisso do time carioca é pela Sul-Americana. O Botafogo recebe o Sol de América, do Paraguai, na próxima quarta-feira, no Engenhão, no jogo de volta da segunda fase do torneio sul-americano. Na ida, vitória alvinegra por 1 a 0, fora de casa.

Com o tropeço para o líder, o Botafogo manteve o sétimo lugar, com nove pontos, mas pode cair na tabela, dependendo dos resultados dos jogos deste domingo. Na competição nacional, a equipe alvinegra só entra em campo no dia 2 de junho, domingo, às 11 horas, no clássico contra o Vasco, no Engenhão, pela sétima rodada.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora