Após paralisação no Paulistão, clubes suspendem treinos e orientam jogadores


Com a paralisação por tempo indeterminado do Campeonato Paulista em razão da pandemia do novo coronavírus, os clubes decidiram interromper as atividades em seus centros de treinamentos. Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo não terão mais atividades a partir desta terça-feira.

O Corinthians, o São Paulo e o Santos anunciaram que os jogadores se reapresentarão na manhã desta terça nos CTs apenas para receber orientações sobre como agir para evitar a contaminação do novo coronavírus. A recomendação é a mesma feita para o restante da população: não ir a lugares com aglomeração de pessoas, lavar a mão e usar álcool em gel, dentre outras medidas de higiene.

Além das orientações dos médicos, outros profissionais das comissões técnicas vão recomendar treinos que os jogadores possam fazer em casa para manter a forma. Após a conversa, os atletas estarão liberados por tempo indeterminado.

Dos quatro grandes, apenas o Santos se reapresentou na tarde desta segunda, no CT Rei Pelé. Os jogadores de Corinthians, Palmeiras e São Paulo estavam de folga e voltariam às atividades nesta terça-feira.

A paralisação dos trabalhos se estendeu para outros setores dos clubes, como base e futebol feminino. O Corinthians já havia fechado as atividades no Parque São Jorge e interrompido a realização do tour para visitantes no estádio em Itaquera. O São Paulo anunciou que o clube social no Morumbi ficará fechado, a princípio, até o dia 31 de março.

Dos quatro grandes clubes de São Paulo, o Corinthians entrou em alerta porque o atacante Luan e um funcionário da comissão técnica apresentaram sintomas de gripe. De acordo com o clube, “ambos foram devidamente medicados, estão em observação em suas respectivas casas e em contato constante via telefone com o departamento médico”.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora