Após impasse de 2 meses, Ramon é apresentado no Cruzeiro: ‘Nada é por acaso’


O imbróglio envolvendo a chegada de Ramon ao Cruzeiro chegou ao final. Oficializado como reforço na última terça-feira, o zagueiro, ex-Vitória, foi apresentado pelo clube nesta sexta e agora tenta deixar para trás o tempo perdido para a sua contratação ser oficializada, com a intenção de conquistar o seu espaço no clube mineiro.

Ramon se apresentou ao Cruzeiro logo no começo da pré-temporada, pois havia acertado a sua transferência ao time ainda na gestão de Wagner Pires de Sá. O acordo, porém, foi contestado pela atual direção do clube, que buscou novo acordo com o jogador, fechado quase depois de dois meses de impasse, algo que agora está resolvido.

“Muitos falavam comigo que era algum livramento eu não estar com essa camisa, mas eu sempre tive fé. Nada é por acaso. Não abaixei a cabeça e sabia que Deus tinha o melhor para mim. As conversas continuaram e quando soube que ficaria, coloquei em mente que era um propósito e não um livramento”, disse o zagueiro, de 24 anos.

Ramon é o segundo zagueiro contratado pelo Cruzeiro na temporada de 2020, pois o clube antes havia se reforçado com Marllon. Além deles, o técnico Adilson Batista tem Léo, Arthur, Cacá, Edu e Paulo à disposição para o setor. Com essa concorrência, o jogador aposta na polivalência para conquistar o seu espaço – ele também já atuou como volante e lateral-direito.

“Onde o Adilson achar melhor, estarei a disposição para ajudar”, disse. “Já joguei como volante, mas a posição que me sinto mais à vontade é como zagueiro. Também já atuei como lateral e espero ajudar o clube da melhor forma possível”, acrescentou.

Ramon assinou contrato com o Cruzeiro até o final de 2020, tendo a possibilidade de prorrogá-lo por mais duas temporadas. Ele iniciou a sua carreira pelo Bahia de Feira, passou pelo israelense Maccabi Tel Aviv, mas construiu a maior parte da sua trajetória profissional no Vitória, tendo participado da campanha do acesso à Série A em 2015.

Ele admite que a inatividade será um desafio no início da sua passagem pelo Cruzeiro. “Procurei fazer um reforço na academia e treino no campo. Essa semana trabalhei praticamente em dois turnos, mas só conseguirei ritmo jogando”, comentou Ramon.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora