Após eliminação, Rio Branco analisa futuro de Campangnollo

Treinador Marcos Campangnollo disse que quer continuar a comandar a equipe


Após a eliminação no Campeonato Paulista Sub-23 Segunda Divisão, o Rio Branco avalia manter o técnico Marcos Campangnollo para 2020. A equipe caiu diante do Fernandópolis, neste domingo, nas quartas de final.

A diretoria fará uma reunião, provavelmente nesta terça-feira, em que vai debater o futuro do time profissional. Um dos assuntos será a eventual permanência do treinador, segundo o presidente Valdir Ribeiro.

Nesta segunda, em entrevista ao LIBERAL, Campangnollo disse que quer continuar no Tigre. “Será uma satisfação muito grande trabalhar novamente no Rio Branco no ano que vem. Se tiver a oportunidade, com certeza vou aceitar”, declarou.

Foto: João Carlos Nascimento / O Liberal
Campangnollo foi o segundo técnico do RB no torneio e sua intenção é ficar para o próximo ano

Existe um hiato de seis meses até o próximo Paulista Sub-23 Segunda Divisão, caso a competição comece em abril, assim como aconteceu neste ano. No entanto, esse tempo de inatividade não é tratado pelo técnico como um problema.

“Sei que é um campeonato que vai iniciar somente em abril de 2020, mas acho que, no final de 2019 para o início de 2020, já dá para ir planejando”, comentou.

Ele afirmou que já pensa em reforços para o próximo ano. “A gente detectou [na Segunda Divisão] vários atletas que têm condição de vestir a camisa do Rio Branco”, apontou.

No encontro previsto para esta terça, os dirigentes também vão discutir a situação do gerente de futebol Tiago Bernardi, que foi o responsável pela montagem do elenco deste ano.

Ele foi nomeado, na semana passada, secretário de Esportes de Araras e ainda não comunicou, oficialmente, se seguirá ou não no Rio Branco.

Para a reportagem, Valdir se limitou a dizer que o assunto está na pauta da reunião. O LIBERAL tentou contato com Bernardi na última sexta e nesta segunda, mas ele não atendeu as ligações e nem respondeu as mensagens.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora