Após deixar a seleção brasileira, Edu é anunciado como diretor técnico do Arsenal


Depois de deixar o cargo de coordenador de seleções da CBF, Edu Gaspar foi anunciado pelo Arsenal nesta terça-feira como novo diretor técnico do clube inglês. O brasileiro, que foi substituído em seu posto na entidade nacional por Juninho Paulista, vai iniciar uma nova passagem pelo time de Londres, agora como dirigente, depois de ter defendido a equipe com sucesso como jogador entre 2001 e 2005.

Ao oficializar a contratação do ex-atleta de 41 anos, o Arsenal destacou em seu site: “Eu seu papel como diretor técnico, Edu coordenará o trabalho do nosso grupo de treinamento da equipe principal, a academia e o recrutamento de jogadores, a fim de supervisionar a construção constante e o fortalecimento eficiente do nosso time”.

Depois de três anos trabalhando ao lado de Tite na seleção brasileira, após ter atuado com o treinador como diretor de futebol no Corinthians, Edu se despediu do comandante no gramado do Maracanã com um longo abraço no técnico. A despedida emocionada ocorreu após a vitória por 3 a 1 do Brasil sobre o Peru na decisão da Copa América. E hoje ele celebrou o novo desafio de sua carreira.

“O Arsenal sempre teve um lugar especial no meu coração e estou muito feliz por voltar a este grande clube neste novo papel. Temos uma equipe forte e alguns jogadores jovens muito talentosos com pessoas fantásticas em todos os níveis. Estou ansioso para ajudar a fazer a diferença”, disse o brasileiro.

Em sua trajetória como jogador do clube inglês, o meio-campista disputou 127 jogos e marcou 61 gols, sendo que no período conquistou dois títulos do Campeonato Inglês, um deles obtido de forma invicta na histórica temporada 2003/2004. Para completar, ele ergueu três troféus da Copa da Inglaterra e outros dois da Supercopa inglesa.

O Arsenal também exaltou o fato de que, com Edu como membro importante do estafe da seleção, o Brasil ganhou o seu primeiro título da Copa América em 12 anos. E o clube confirmou que o dirigente viajará junto com a delegação do time na quinta-feira rumo aos Estados Unidos, onde a equipe realizará pré-temporada.

“Estamos muito animados que Edu está se juntando ao time. Ele tem uma grande experiência e conhecimento técnico de futebol e, mais importante, é um verdadeiro homem do Arsenal. Ele entende o clube e o que representamos para nossos milhões de fãs ao redor do mundo”, afirmou Raul Sanllehi, chefe do departamento de futebol do clube londrino, por meio do site oficial da equipe.

“Sua chegada é a parte final e muito importante do quebra-cabeça em nosso desenvolvimento de uma nova infraestrutura de futebol para nos levar adiante. Ele trabalhará de perto com Unai Emery e com os treinadores da equipe principal, e desempenhará um papel relevante, liderando nossa visão de futebol e garantindo que tenhamos – e sigamos – uma filosofia sólida em todas as nossas atividades futebolísticas”, reforçou o dirigente.

No período em que Edu atuou como coordenador na CBF, a seleção brasileira disputou 42 jogos, nos quais acumulou 33 vitórias, sete empates e duas derrotas, um aproveitamento de 84,13%. Porém, neste período a equipe nacional também fracassou na Copa do Mundo de 2018, na Rússia, ao ser eliminada pela Bélgica nas quartas de final.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora