Apesar da crise, técnico da Ponte Preta garante: ‘Não vamos cair’


A derrota sofrida pelo Red Bull Bragantino, no Estádio Moisés Lucarelli, não foi suficiente para tirar a confiança de João Brigatti na recuperação da Ponte Preta no Campeonato Paulista. Apesar de fechar a nona rodada na zona de rebaixamento, o comandante adota otimismo por reviravolta nas três rodadas finais.

“É com este elenco que nós vamos até o final. É com este espírito que vamos até o final. Você pode ter certeza de que a Ponte não vai cair. É uma situação bastante difícil para nós, né. Entramos na zona de rebaixamento e poderíamos, hoje, com uma vitória, estar em segundo do grupo e se distanciar desta situação incômoda”, declarou, em entrevista coletiva.

“Se jogássemos todas as partidas do campeonato até hoje, com esse espírito, pode ter certeza de que a Ponte não estaria nessa situação. Enfrentamos uma equipe altamente qualificada. Bragantino investiu milhões e está em ascensão no campeonato. Mas você pode ter certeza: nós não vamos jogar a toalha”, emendou.

Em meio à crise no Estadual, a Ponte Preta vira a chave para a Copa do Brasil. No torneio mata-mata, o próximo compromisso é na próxima quinta-feira, 12 de março, às 19h15, quando enfrenta o Afogados da Ingazeira, em duelo de ida da 3ª fase.

“É virar a chave da Copa do Brasil na quinta-feira. Que possamos fazer uma boa apresentação e com este mesmo espírito que eu pedi para eles agora. Daqui pra frente, tem que ser assim. Logicamente, se acontecer alguma situação adversa em jogos, nós temos que sempre manter esse espírito aqui”, pediu Brigatti.

“Nós precisamos vender caro e hoje nós vendemos caro essa derrota para o Bragantino. Então é esse espírito que a gente quer. É lógico que faltam muitas situações, mas isso é para vermos no final do Campeonato Paulista”, completou.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora