Antes de clássico, atacante Fernando Viana deixa Guarani para jogar na Bulgária


Às vésperas do clássico campineiro diante da Ponte Preta, marcado para este domingo, no Moisés Lucarelli, pela 15ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o atacante Fernando Viana comunicou a diretoria que deixará o Guarani para defender o Botev Plovdiv, da Bulgária. O time alviverde não foi contra e concordou em rescindir o contrato do atleta, que terminaria no fim de novembro.

Fernando Viana, 27 anos, foi contratado pelo Guarani, após boa passagem pelo Suwon, da Coreia do Sul. Na equipe campineira, não engrenou. Foram 13 jogos e nenhum gol. Neste meio tempo, sofreu com uma lesão no joelho. Ele não vinha fazendo parte dos planos do técnico Roberto Fonseca.

Esta será a segunda passagem do jogador pelo futebol búlgaro. Entre 2016 e 2017, ele defendeu o próprio Botev Plovdiv. Na ocasião, disputou 36 jogos e marcou 16 gols. Tem experiências também por clubes como Joinville, Paraná e Ituano. Pelo time catarinense, conquistou a Série B de 2016.

Para o setor, o Guarani ainda conta com: Davó, Michel Douglas, Deivid Souza, Eder Luis e Diego Cardoso. Os dois primeiros vêm sendo titulares com Roberto Fonseca.

Há três jogos sem derrota e vivendo sua melhor fase na Série B, o Guarani ocupa a 18ª colocação, com 13 pontos, apenas um atrás do América-MG, o primeiro time fora da zona de rebaixamento.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora