‘Aflito’, Ricardo Oliveira mostra alívio por vaga do Atlético-MG na Libertadores

Com direito a sofrimento, o atacante Ricardo Oliveira manifestou a alegria dele por o Atlético Mineiro conquistar uma vaga na…


Com direito a sofrimento, o atacante Ricardo Oliveira manifestou a alegria dele por o Atlético Mineiro conquistar uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores. A sexta colocação foi assegurada graças à vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo, neste sábado, Independência, em Belo Horizonte.

“Sabendo que a gente precisa do resultado, que o outro adversário está ganhando e o jogo acabando, fica uma aflição, normal, mas o objetivo que traçamos desde o início do ano foi alcançado”, disse Ricardo Oliveira após a partida. Se o Atlético-MG sofresse o empate do Botafogo, seria ultrapassado na tabela, pelo Atlético Paranaense, que venceu o Flamengo neste sábado.

“Recebi muitas mensagens dos torcedores pedindo essa classificação. A gente sabe que o Atlético-MG é um time que gosta de jogar essa competição, o torcedor é apaixonado pela Libertadores e a gente também gosta de jogar os melhores torneios”, disse o centroavante, que espera que o Atlético consiga ser competitivo em 2019.

“O objetivo foi alcançado, voltamos à Libertadores. O nosso torcedor está de parabéns pelo apoio que nos deu e, agora, é procurar descansar. Quando voltarmos, devemos nos preparar para ter um grande ano”, receitou Ricardo Oliveira, vice-campeão do torneio continental em 2003, pelo Santos, e 2006, pelo São Paulo.

O Atlético-MG terminou o Brasileirão em sexto lugar, com 59 pontos em 38 rodadas. Ricardo Oliveira foi o artilheiro da equipe na competição, com 13 gols marcados.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!