Aema vai disputar o Campeonato Paulista

Associação Esportiva Meninas de Americana estará representando o Rio Branco na competição de futebol feminino em 2019


A Aema (Associação Esportiva Meninas de Americana) disputará o Campeonato Paulista Feminino de Futebol em 2019. A informação foi divulgada nesta quinta-feira pelo presidente da entidade, Rodrigo Ferraz, em participação ao vivo no Caderno de Esportes, programa transmitido pelas rádios VOCÊ (AM 580) e 94.7 FM.

A associação usará o nome do Rio Branco no torneio, que será de março a agosto. A Aema confirmou a participação no último dia 17, durante reunião na FPF (Federação Paulista de Futebol).
“A gente tem um planejamento e um sonho maior do que somente disputar o Paulista. A gente quer muito a vaga do Brasileiro, para poder levar o nome de Americana um pouco além de todo esse trabalho
que a gente vem fazendo”, declarou Ferraz.

Foto: Marcelo Rocha / O Liberal
Rodrigo Ferraz falou sobre possíveis intercâmbios de atletas com outras equipes do País

De olho na formação do elenco, a entidade realizará uma seletiva na Sede Náutica do Rio Branco. A atividade deve ocorrer nos dias 12 e 13 de janeiro, das 9 às 12 horas.

A associação também estuda fazer um intercâmbio de atletas. Há duas propostas de parceria, feitas por um time do Pará e por outro do Rio Grande do Norte, de acordo com Ferraz.

Uma dessas equipes cederia atletas à Aema para a disputa do Paulista. No segundo semestre, elas voltariam para o time de origem, que também contaria com o empréstimo de jogadoras da associação.
“No segundo semestre, que, digamos de passagem, é agosto, começa lá na parte do Norte e Nordeste o campeonato de lá. Então, nossas atletas, juntas com as deles, voltariam para lá e jogariam o campeonato com eles lá”, disse.

Ele afirmou que a Aema analisará as atletas das duas equipes por meio de vídeo e, depois, decidirá com qual fechará acordo. “A gente acredita que tenha garotas de qualidade”, destacou.

Segundo Ferraz, a entidade pretende entrar no Estadual com um elenco de 23 jogadoras. Conforme o regulamento do Paulista de 2018, para ter vaga no Brasileiro, o time precisa ser o melhor colocado entre os clubes que já não tenham lugar garantido competição nacional.

SEDE. A Aema deve trocar de alojamento em 2019. Hoje, as atletas ficam num alojamento situado no Jardim Ipiranga, onde associação paga aluguel. Ferraz informou que as meninas devem se mudar para uma casa localizada na Sede Náutica, o que acabaria com a despesa relacionada à moradia.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora