União perde mais uma e continua na lanterna

Leão da 13 sai atrás no placar, esboça reação, mas é derrotado dentro de casa pelo Itapirense por 3 a 2


O União Barbarense segue sem saber o que é vencer em casa no Campeonato Paulista Sub-23 Segunda Divisão. Em partida válida pela oitava rodada, a primeira do returno, o Leão da 13 perdeu para o Itapirense por 3 a 2 neste sábado, no estádio Antonio Guimarães.

Foto: Marcelo Rocha - O Liberal.JPG
Próximo compromisso é o dérbi contra o Rio Branco, no sábado às 15h, no estádio Décio Vitta

Com mais um revés na conta, o time barbarense continua na lanterna do Grupo 3, com quatro pontos. O próximo compromisso é o dérbi contra o Rio Branco, no sábado às 15h, no estádio Décio Vitta em Americana. O Tigre lidera o grupo com 16 pontos.

Na partida deste sábado, o técnico Vitor Mosca repetiu a mesma equipe que goleou o Brasilis por 4 a 0 fora de casa. Logo as 10 minutos do primeiro tempo, Alisson Mosquito abriu o placar para os visitantes.

Sete minutos depois, o meia Luis Antônio deixou tudo igual. Na reta final da primeira etapa, o zagueiro Luan voltou a deixar o Itapirense na liderança, marcando aos 43 minutos.

Na etapa complementar, Danilinho ampliou a vantagem aos 21 minutos. O Leão da 13 esboçou uma reação e conseguiu diminuir aos 28, em cobrança de pênalti convertida pelo capitão Eliandro.

As esperanças de arrancar o empate praticamente terminaram aos 38 minutos, quando o volante Dan Dan foi expulso. Ao término da partida, o comandante do União disse que a equipe fez um bom jogo e lamentou os erros cometidos.

“A gente sai bastante decepcionado com o resultado porque acredito que a equipe, dentro das nossas limitações, conseguiu fazer um bom jogo. Foi passada muita informação para os meninos e a gente novamente acaba cometendo alguns erros pela imaturidade da nossa equipe”, afirmou Mosca.
DÉRBI. Nas entrevistas pós-jogo, o discurso adotado pelos jogadores do União foi o de “virar a chave” e focar na partida contra o maior rival, no próximo sábado.

“O dérbi é importante por causa disso, porque ele pode mudar totalmente o rumo da nossa trajetória. Então nossa equipe que vem na última classificação, uma vitória no dérbi vira totalmente a situação e pode dar moral para o resto do campeonato. A gente tem que trabalhar firme, saber que é um adversário difícil do outro lado também. Humildade, pé no chão, que ainda dá para classificar”, afirmou Eliandro.

O treinador disse que é difícil falar em mudanças na equipe neste momento por conta do tamanho do elenco. ”Eu tenho 19 atletas, um foi expulso hoje, vou para 18. Vamos aguardar essa semana, ver se chega atleta, como vai ser, para tentar mudar (a equipe), disse o técnico.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora