13 de maio de 2021 Atualizado 10:27

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Fluminense bate Botafogo e se classifica para as semifinais da Taça Guanabara

Por Agência Estado

17 abr 2021 às 18:26 • Última atualização 17 abr 2021 às 20:13

O Fluminense venceu o Botafogo por 1 a 0, neste sábado, em confronto pela 10ª rodada da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca. Vivendo momentos muito distintos, quando o primeiro se prepara para trilhar caminho na Copa Libertadores e o outro amarga a eliminação na Copa do Brasil, as equipes se enfrentaram no Maracanã.

Com o resultado, o Fluminense conseguiu a classificação antecipada para as semifinais do Campeonato Carioca, assumindo a terceira colocação, contando com 19 pontos. O Botafogo, por sua vez, está fora da busca pelo título do Campeonato Carioca, uma vez que o melhor resultado que conseguirá será a quinta colocação. Apenas os quatro primeiros na Taça Guanabara seguem para as semifinais. Dessa forma, resta ao Botafogo a disputa da Taça Rio.

A partida começou com um Botafogo bem colocado, dificultando a saída para o Fluminense e demonstrando que traria dificuldade para o rival tricolor. Nos primeiros minutos de jogo, porém, a equipe comandada pelo técnico Roger Machado logo passou a se impor e oferecer perigo para seu adversário. Aos 7 minutos, Paulo Victor realizou bela jogada contra Kayky e pareceu que traria susto para o Fluminense, mas logo foi desarmado. Alguns minutos depois, a dupla voltava a se enfrentar quando o atacante caiu com a marcação de Paulo Victor, já dentro da área. O lance fez com que os jogadores do Fluminense pedissem pênalti, o árbitro apenas mandou seguir.

O Flu seguia criando chances, como o lance de Nenê, que chegou pela esquerda e conseguiu o escanteio, que foi cobrado sem perigo para a defesa do Botafogo. Conforme o tempo passava, os donos da casa se fechavam cada vez mais para impedir os avanços do adversário, que crescia em campo, mas não o suficiente para criar oportunidades de abrir o placar. Apesar da boa atuação de Yago, que buscava o ataque sempre, o Fluminense também falhou na criatividade no primeiro tempo.

Na segunda etapa, o jogo já começou com ritmo mais acelerado, com Rickson recebendo cartão amarelo logo nos primeiros momentos, após entrada mais dura. No segundo minuto de jogo, o volante tentou balançar as redes do gol de Marcos Felipe, após receber cruzamento pela direita. O gol, porém, sairia no minuto seguinte para o Fluminense, com cobrança de falta de Nenê dentro da área. Nino subiu mais que todos e cabeceou em cheio para o gol de Douglas Borges.

Em desvantagem, o Botafogo não conseguiu reagir a altura, deixando mais chances acontecerem para o Fluminense, como o chute de fora da área de Fred, que Douglas Borges conseguiu afastar sem problemas, aos 15 minutos. A tranquilidade do goleiro, porém, foi testada no minuto seguinte, quando precisou agir rápido e se esticar para defender chute forte de fora da área que quase aumentou a vantagem para o adversário.

O Fluminense, embalado após o primeiro gol, seguia pressionando o rival. Aos 27, Nenê recebeu a bola logo na entrada da área, ajeitou para o lado esquerdo, porém bateu para fora, sem dar trabalho ao goleiro rival. Apesar da eliminação estar próxima, o Botafogo pouco se arriscava, criando suas melhores chances apenas nos minutos finais da partida.

Aos 41 minutos, Felipe Ferreira tentou igualar o placar ao cobrar falta mas errou, conseguindo apenas mandar a bola para cima do gol do Fluminense. O goleiro do Fluminense apenas foi solicitado aos 47 minutos do segundo tempo, quando Ênio conseguiu chutar forte, após receber a bola pela direita. Marcos Felipe realizou a defesa sem problemas e sem rebote, fechando a partida e ratificando a vitória do Fluminense.

FICHA TÉCNICA:

FLUMINENSE 1 x 0 BOTAFOGO

FLUMINENSE – Marcos Felipe, Calegari (Samuel Xavier), Nino, Luccas Claro e Egídio; Wellington, Martinelli, Yago Felipe (Gabriel Teixeira) e Nenê; Kayky (Cazares) e Fred (John Kennedy). Técnico: Roger Machado.

BOTAFOGO – Douglas Borges; Jonathan, Kanu, Gilvan e Paulo Victor; Luiz Otávio, Rickson e Ricardinho; Ronald (Ênio), Matheus Nascimento e Marco Antônio (Felipe Ferreira). Técnico: Marcelo Chamusca.

GOL – Nino, aos 3 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Calegari, Egídio e Yago Felipe (Fluminense) e Rickson, Gilvan e Marco Antônio (Botafogo).

ÁRBITRO – Rodrigo Carvalhaes de Miranda.

RENDA E PÚBLICO – Jogo sem torcida.

LOCAL – Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

Publicidade