19 de abril de 2021 Atualizado 14:49

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Flamengo desiste oficialmente da contratação do lateral-direito Rafinha

Por Agência Estado

20 mar 2021 às 16:02 • Última atualização 20 mar 2021 às 17:24

O Flamengo desistiu oficialmente da contratação do lateral-direito Rafinha, que está sem clube após rescindir com o Olympiacos, da Grécia. clube rubro-negro e o jogador vinham negociando desde fevereiro, quando houve a rescição contratual com o time grego. Agora, o lateral seguirá para Londrina-PR, onde vai descansar com a família, e já autorizou seus empresários a buscarem um novo destino.

Rafinha jogou na equipe carioca entre julho de 2019 e agosto de 2020, conquistando os títulos do Campeonato Brasileiro e Copa Libertadores (2019), além da Recopa Sul-Americana, Supercopa do Brasil e Campeonato Carioca (2020). Após o sucesso no Flamengo, o lateral preferiu voltar ao futebol europeu, mas sua passagem pela Grécia não durou muito tempo.

O Flamengo divulgou uma nota neste sábado para explicar a decisão de encerrar as negociações. O clube explicou que, neste momento, se tornou inviável o investimento no atleta por conta das incertezas provocadas pelo agravamento da pandemia da Covid-19. As duas partes tinham grande interesse em um desfecho positivo, mas a pedida salarial foi entrave para a concretização do negócio.

“Devido ao agravamento da pandemia e as consequentes indefinições financeiras que isto causou, uma possível contratação do jogador, apesar de ser o desejo de toda a diretoria, se mostrou inviável. Qualquer investimento como este, no momento atual, não estaria condizente com a responsabilidade financeira que sempre baseou o trabalho da atual administração rubro-negra”, afirmou o clube rubro-negro.

“Foi com pesar que informamos ao jogador e aos seus representantes que, apesar dos esforços de todos os envolvidos em viabilizar a volta de Rafinha ao Flamengo, não iríamos seguir com as tratativas para se fechar o acordo. Fica o registro da postura sempre positiva e interessada do jogador. Infelizmente, a pandemia e seus reflexos impediram este esperado retorno”, completou comunicado.

O jogador de 35 anos construiu grande parte de sua carreira na Alemanha. Em 2005, deixou o Coritiba e se transferiu para o Schalke 04. Em 2010, jogou pelo italiano Genoa, mas logo voltou ao futebol alemão para jogar no Bayern de Munique, onde ficou de 2011 a 2019 e conquistou inúmeros títulos.

Pela seleção brasileira, Rafinha se envolveu em polêmicas. Em 2015, recusou convocação para as Eliminatórias da Copa de 2018 e gerou desconforto na comissão técnica, à época comandada por Dunga. Mais tarde, voltou a ser convocado, quando Tite assumiu o comando técnico.

Publicidade