13 de julho de 2024 Atualizado 00:27

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Felipe Melo pega 1 jogo de gancho e assessor do Atlético-GO leva 15 dias de suspensão

Por Agência Estado

03 de julho de 2024, às 17h39

O zagueiro Felipe Melo, do Fluminense, e o assessor de imprensa Álvaro de Castro, do Atlético-GO, foram julgados nesta quarta-feira pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no Rio de Janeiro, por causa da confusão ocorrida ao final da partida entre as duas equipes em jogo do Campeonato Brasileiro. O defensor pegou uma partida de gancho enquanto o funcionário do time goiano tomou uma suspensão de 15 dias.

Álvaro foi julgado pela 3ª comissão disciplinar e enquadrado por invasão de campo. Já em relação ao atleta, o STJD desclassificou a denúncia de agressão e a converteu para ato hostil.

A confusão aconteceu ao final da partida, realizada no dia 15 de junho, no Maracanã, em duelo válido pela 9ª rodada da competição. O Atlético-GO virou o jogo sobre o Fluminense estabelecendo o 2 a 1 no final. Álvaro de Castro passou em frente ao banco de reservas do time carioca e levou um empurrão de Felipe Melo.

O ato provocou uma confusão generalizada à beira do campo. Felipe Melo negou ter agredido o assessor, mas admitiu ter agido de forma indevida pela emoção do momento. O camisa 30 acabou tomando cartão vermelho.

Felipe Melo já cumpriu a suspensão. No entanto, ele não vai reforçar o Fluminense no confronto desta quinta-feira, diante do Internacional, em partida, que marca a estreia de Mano Menezes no comando da equipe. O jogador sofreu uma lesão na panturrilha esquerda e está entregue ao departamento médico.

Publicidade