20 de julho de 2024 Atualizado 18:17

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

EUA iniciam investigação sobre caso de doping envolvendo nadadores chineses

Por Agência Estado

05 de julho de 2024, às 14h27

O governo dos Estados Unidos abriu uma investigação criminal para saber como autoridades antidoping permitiram que 23 nadadores chineses escapassem de punição após terem testado positivo para substâncias proibidas semanas antes da Olimpíada de Tóquio (que foi disputada em 2021).

Órgão regulador da natação, a World Aquatics informou que seu diretor executivo, Brent Nowicki, foi intimado pelo governo americano a testemunhar no caso. Os atletas foram autorizados a competir e ainda conquistaram medalhas.

Em maio, um comitê da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos fez uma solicitação junto ao Departamento de Justiça para que a investigação fosse iniciada antes da realização dos Jogos Olímpicos de Paris.

Por conta do episódio a Agência Internacional Antidoping (Wada) se tornou alvo de críticas severas. A entidade vem sendo pressionada a fornecer respostas sobre a não punição aos nadadores.

Em entrevista coletiva no início deste ano, Witold Banka, presidente da Wada,
disse que a entidade seguiu todos os protocolos e processos e investigou cada pista, não encontrando nenhuma evidência de irregularidade.

Publicidade