26 de fevereiro de 2021 Atualizado 12:53

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

CATEGORIAS DE BASE

Times Sub-20 do Rio Branco ficam em grupos diferentes na Copa Ouro

Clube será representado por uma equipe mantida em Americana e por um elenco que treina em Araras

Por Rodrigo Alonso

11 fev 2021 às 20:46 • Última atualização 11 fev 2021 às 20:48

Os dois times Sub-20 do Rio Branco estão em grupos diferentes na Copa Ouro, competição organizada pela APF (Associação Paulista de Futebol) e com início programado para o dia 10 de março. A associação definiu as chaves e o regulamento nesta quinta-feira (11), durante o congresso arbitral do torneio.

O Rio Branco Esporte Clube, sediado em Americana, compõe o Grupo C, ao lado de Comercial Tietê, Atlético Amazonense, Liga Atibaia e Metropolitano.

Técnico Raphael Pereira ao lado de Prisco e Sandro Palumbo, dirigentes da APF – Foto: Divulgação

O Rio Branco/Araras, fruto de uma parceria entre o Tigre e o Clube NG de Futsal e Futebol, aparece no Grupo D, assim como Independente, XV de Piracicaba, Revelação/Araras e Clube Atlético Paulista.

Existem quatro grupos com cinco equipes cada, e os quatro melhores de cada chave avançam para as oitavas de final. As informações são do Rio Branco.

Conforme o LIBERAL noticiou no último dia 3, o Clube NG, de Araras, se tornou um núcleo da categoria Sub-20 do Tigre, que já contava com um time dessa faixa etária em Americana.

Dessa forma, na prática, o clube passou a ter duas equipes júnior, com administrações e comissões técnicas diferentes, e ambas foram inscritas na Copa Ouro.

Comando
Raphael Pereira, que comandou o elenco profissional em 2019, é o gestor e técnico do time mantido em Americana.

“A gente acredita que não vai ser fácil, que serão jogos duros. A nossa equipe é jovem. Nós não temos um atleta de 20 anos, para você ter uma ideia. Então, são jogadores novos. O objetivo da diretoria é formar atleta, é suprir a necessidade do profissional e contratar menos durante o ano”, disse.

A equipe de Araras, por sua vez, tem como treinador Samarone Oliveira, que chegou a trabalhar na base do América-RJ e no Corinthians de Presidente Prudente, entre outros clubes brasileiros. Também possui experiência no exterior, com passagens por Portugal, Bolívia e México.

“Vamos encarar cada jogo como uma decisão. E, se o grupo seguir assimilando bem o trabalho que a gente vem implantando, tenho certeza que podemos surpreender. Trabalhamos com uma molecada muito jovem, porém de qualidade e que está esperando muito por essa competição”, afirmou Samarone.

Publicidade