26 de junho de 2022 Atualizado 19:12

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

SEGUNDA DIVISÃO

Rio Branco perde por 3 a 0 do Vocem e se complica na Bezinha

Derrotado em Assis, Tigre precisará vencer por três gols de diferença no jogo da volta das quartas de final, em Americana

Por Rodrigo Alonso

06 de outubro de 2021, às 17h44 • Última atualização em 06 de outubro de 2021, às 19h06

O Rio Branco se complicou nas quartas de final do Campeonato Paulista Sub-23 Segunda Divisão, a popular Bezinha. A equipe perdeu por 3 a 0 para o Vocem na partida de ida, nesta quarta-feira (6), em Assis, e agora só avançará de fase se vencer por três gols de diferença no jogo da volta.

Os times voltam a se enfrentar no domingo, às 15 horas, no estádio Décio Vitta, em Americana. Por ter melhor campanha que o adversário, o Tigre se classificará para as semifinais em caso de empate no placar agregado.

Zaga riobranquense parou para pedir impedimento no segundo gol – Foto: Reprodução / Eleven

Nesta quarta, o Rio Branco, que somava dez jogos de invencibilidade, saiu atrás já aos 3 minutos. Após cobrança de escanteio, a bola passou por todo mundo e sobrou para João Felipe, que bateu com força e abriu o placar para o Vocem: 1 a 0.

No meio do caminho, houve um desvio em Pimentel, que tirou qualquer possibilidade de defesa do goleiro Felipe Ramos.

O gol escancarou os problemas do Tigre, que cometeu falhas defensivas em sequência e também apresentou dificuldades na criação. No primeiro tempo, a equipe chegou perto do empate só em lances de bola parada.

A jogada de maior perigo aconteceu aos 45 minutos, quando Casão apareceu livre na pequena área, depois de um escanteio batido por Cristiano, e desviou rente à trave.

Na segunda etapa, no momento que Rio Branco esboçava uma reação, o Vocem ampliou. Aos 5 minutos, Kaique deu um balão para a área, a zaga do Tigre parou para pedir um impedimento que não existiu, e Klaidher cabeceou por cobertura: 2 a 0.

Aos 31 minutos, a situação piorou ainda mais. Felipe Ramos defendeu um chute de Caio Henrique, cara a cara com o atacante. Porém, no rebote, Rafael Stard não desperdiçou: 3 a 0. O time americanense até pressionou o adversário no fim, mas não conseguiu balançar a rede.

No final, mesmo em desvantagem, a equipe estava com quatro zagueiros de origem em campo. Além da dupla Léo Cruz e Casão, havia dois defensores improvisados: Crepaldi como volante e Vitão como atacante.

Ficha técnica:

VOCEM
Eugênio; Natham, Diego Bebê (Léo Zarelli), Klaidher e Gabriel Neves; Favela, Paulinho e Raphael Stard (Gabriel Casanova); Kaique (Fujita), Marcus Uberaba (Caio Henrique) e João Felipe (Andrey). Técnico: Paulo Cesar dos Santos.

RIO BRANCO
Felipe Ramos; Pimentel, Léo Cruz, Casão e Bruno Franco (Leandro Guizi); Bruno Luiz, Nicola (Crepaldi) e Cristiano (Renan); Rodney (Vitão), João Celeri e Rodrigo Pelé (Souza). Técnico: Bira Arruda.

GOLS: João Felipe aos 3’/1ºT, Klaidher aos 5’/2ºT e Rafael Stard aos 31’/2ºT (Vocem).
ÁRBITRO: Thiago Luis Scarascati.
CARTÕES AMARELOS: Natham, Gabriel Neves e Gabriel Casanova (Vocem); Bruno Luiz e Léo Cruz (Rio Branco).
LOCAL: Estádio Antônio Viana da Silva, em Assis (SP).

Publicidade