18 de janeiro de 2021 Atualizado 22:42

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Segunda Divisão

Rio Branco perde em casa para o São José e sai atrás nas quartas de final

Derrotado por 1 a 0, Tigre precisará vencer por dois gols de diferença no jogo da volta para avançar de fase

Por Rodrigo Alonso

28 nov 2020 às 17:40 • Última atualização 29 nov 2020 às 11:34

Sem inspiração, o Rio Branco foi derrotado por 1 a 0 para o São José neste sábado (28), na partida de ida das quartas de final do Campeonato Paulista Sub-23 Segunda Divisão, a popular Bezinha. O confronto aconteceu no estádio Décio Vitta, em Americana.

Com o resultado, o Tigre precisará de uma vitória por dois gols de diferença no jogo da volta, em São José dos Campos, para avançar de fase. Isso porque a Águia do Vale, por ter melhor campanha na competição, leva vantagem em caso de empate na soma dos placares.

Rio Branco acabou derrotado em casa na tarde deste sábado – Foto: Alex Ferreira / Rio Branco EC

O atacante Breno anotou o único tento do duelo. Os times voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira, às 17 horas, no estádio Martins Pereira.

Neste sábado, no primeiro tempo, faltou criatividade para ambos os lados. As duas equipes esbarravam no sistema defensivo do adversário e mal conseguiam criar oportunidades.

A primeira chance só apareceu após uma atrapalhada do goleiro riobranquense Felipe Ramos, que retornou ao time depois de ter sofrido um mal súbito na última terça-feira.

Aos 28 minutos, ele tentou afastar o perigo e perdeu na dividida para Juninho, que cruzou para Lucas Lima. Sem o goleiro à frente, o atacante do São José chutou de primeira e mandou por cima do travessão.

O Rio Branco chegou perto do gol apenas aos 46 minutos, quando Leandro Guizi cruzou e Gustavo Gomes cabeceou na trave. No rebote, da pequena área, Crepaldi bateu para fora.

No retorno para a segunda etapa, os times se soltaram mais, mas o São José criava as melhores chances. Aos 10 minutos, a equipe quase abriu o placar com Breno, que pegou rebote de Felipe Ramos, ficou cara a cara com o goleiro e finalizou sem direção.

Aos 25 minutos, no entanto, o atacante se redimiu. Após chutão para frente, Breno venceu a disputa com o zagueiro Machado, disparou com liberdade e mandou para a rede: 1 a 0.

Em desvantagem, o Tigre partiu para cima do adversário e insistiu, sem sucesso, em jogadas pelo alto. E, quando o time tentava pelo chão, faltava inspiração. Os jogadores erravam passes com frequência e pecavam nas tomadas de decisão.

O São José, por sua vez, se fechou no campo de defesa e, por vezes, assustava nos contra-ataques. O objetivo dos visitantes, claramente, era segurar a vitória até o apito final, e eles conseguiram.

Ficha Técnica:

RIO BRANCO
Felipe Ramos; Pimentel, Machado, Crepaldi e Leandro Guizi; Hércules (Marcus Vinícius), Gustavo Gomes (Esaul) e Luis Antonio (Matheus Carioca); Matheus Lu, David (Samuel) e Thiago. Técnico: Marcos Campangnollo.

SÃO JOSÉ
Matheus Lopes; Juninho, Raphael, Joaquim e Pavani; Jé, Bruno Luka (Gustavo Nicola) e Neto Alexandre (Lucas Souza); Breno (Yan), Lucas Lima (Bruno Freitas) e Santiago (Matheus Morais). Técnico: Ricardo Costa.

GOLS: Breno aos 25’/2T (São José).
CARTÕES AMARELOS: Hércules, Leandro Guizi, Samuel e Matheus Carioca (Rio Branco); Jé, Lucas Lima e Joaquim (São José).
ÁRBITRO: Daniel Carlos Luciano Fernandes.
LOCAL: Estádio Décio Vitta, em Americana (SP).

Publicidade