18 de setembro de 2020 Atualizado 23:32

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Elenco

Rio Branco monta lista de reforços com ‘rivais’ de 2019

Diretoria formou uma lista com mais de 20 atletas que se destacaram jogando contra o time americanense durante o ano passado

Por Rodrigo Alonso

15 jan 2020 às 07:57 • Última atualização 27 abr 2020 às 13:05

O Rio Branco monitora, desde o ano passado, jogadores que possam defender o clube no Campeonato Paulista Sub-23 Segunda Divisão de 2020. Segundo o diretor de futebol Tiago Bernardi, existe uma lista com cerca de 20 atletas que se destacaram em jogos contra o Tigre na última temporada. “A gente vai começar a conversar com eles e ver qual é a possibilidade de eles virem para o Rio Branco”, afirma.

Receba as notícias do LIBERAL pelo WhatsApp. Clique aqui e envie uma mensagem para ser adicionado na lista de transmissão!

Bernardi está atrás, principalmente, de reforços que tenham experiência no torneio, mas também tem observado jogadores na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Paralelamente, a diretoria tem recebido indicações de atletas e pretende avaliá-los.

Foto: Marcelo Rocha / O Liberal
Felipinho foi um dos jogadores do Rio Branco que teve participação importante no ano passado e pode voltar

Bernardi ainda cogita recontratar jogadores que estiveram no Rio Branco em 2019. “Os jogadores que participaram e foram bem sempre são bem-vindos”.

Ele citou como exemplo o meia Felipinho, artilheiro da equipe no Paulista Sub-23 Segunda Divisão, com oito gols, e o atacante Thiago, que anotou quatro tentos no torneio. Hoje, os dois estão no Velo Clube, que se prepara para a Série A3.

Para o cargo de treinador, conforme o LIBERAL noticiou nesta terça-feira, o clube estuda ao menos quatro nomes: Marcos Campangnollo, João Batista, Paulinho McLaren e Max Sandro.

O Rio Branco espera definir, nesta semana, a data de apresentação da equipe. A Segunda Divisão deve começar em abril.

Foco

Diferente de 2019, neste ano, Bernardi pode focar apenas na montagem do elenco. “Eu tenho de focar na equipe, de fazer um time bom, um time competitivo, um time para que a gente possa ter o acesso”, diz.

Na temporada passada, quando atuava como gerente de futebol, ele era o único dirigente do departamento de futebol e desempenhava diferentes funções.

Agora, além de Bernardi, que passou a ser diretor, o setor conta com o vice-presidente Eder Duarte, o gerente Júnior Ferrari, o diretor de captação e recursos Luis Guilherme Gallo e o diretor adjunto de captação e recursos Rafael Panhoca. “Melhora muito. Cada um vai ter sua função. Então, vai dar para a gente delegar as funções”, aponta o diretor Bernardi.

Mais esporte

Ouça o podcast “Além da Capa” desta semana, que aborda os atletas da Região do Polo Têxtil que podem estar nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020:

{{1}}

Publicidade