17 de agosto de 2022 Atualizado 23:48

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

ARTES MARCIAIS

Lutadores de Americana conquistam o Mundial de Jiu-Jitsu em São Paulo

Luan Chileno faturou dois ouros e equipe G13 foi campeã com duas atletas: Maria Eduarda Leonel e Anna Clara de Melo

Por Rodrigo Alonso

30 de novembro de 2021, às 18h18

G13 Americana levou cinco atletas para o campeonato e somou três medalhas – Foto: Divulgação

Lutadores de Americana deram show no Mundial de Jiu-Jitsu Esportivo 2021 realizado em São Paulo, entre a última quinta-feira e domingo. Luan Aguirre Elias, o Luan Chileno, faturou dois ouros no evento, enquanto a equipe G13 foi campeã com duas atletas: Maria Eduarda Urtado Leonel e Anna Clara Correia da Silva de Melo.

Tetracampeão mundial de muay thai, Chileno mostrou que também tem domínio sobre o jiu-jitsu. Ele venceu na categoria Máster 1 superpesado e também na Máster 1+2 absoluto, ambos na faixa azul.

O atleta, que morou por dois anos na Tailândia, voltou recentemente para Americana, onde abriu uma academia de muay thai, chamada BCHAMP. No Mundial, o lutador representou a Dojo Fight/Equipe Felipe Vidal, também de Americana.

Luan Chileno conseguiu dois títulos na competição, realizada entre quinta e domingo – Foto: Divulgação

Maria Eduarda, por sua vez, conquistou o título na classe Infanto-Juvenil B, faixa cinza e amarela, extrapesadíssimo, enquanto Anna Clara ficou em primeiro na Infanto-Juvenil A, faixa branca, extrapesadíssimo.

A G13 ainda subiu ao pódio com Samuel Alexandre da Costa Filho, segundo colocado na Infantil A, faixa cinza e amarela, peso-leve.

“Estou muito feliz. Fomos com cinco atletas e tivemos três medalhas num campeonato mundial. Foi muito legal”, disse Samuel Costa, pai do atleta vice-campeão e treinador da equipe, que possui patrocínio da Papirus.

O torneio aconteceu no ginásio do Ibirapuera e teve realização da CBJJE (Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu Esportivo).

Publicidade