20 de janeiro de 2022 Atualizado 19:53

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

MUDANÇA

Luis Guilherme Gallo é o novo vice-presidente de futebol do Rio Branco

Empresário ajudou a montar elenco do ano passado e também já atuou como diretor de captação de recursos

Por Rodrigo Alonso

13 jan 2022 às 19:46

Dirigente informou que pretende definir até o final deste mês um novo treinador – Foto: O Jogo

O Rio Branco tem um novo vice-presidente de futebol para esta temporada. Trata-se do empresário Luis Guilherme Gallo, que já fazia parte da diretoria.

O dirigente de 24 anos ajudou na montagem do elenco do ano passado e também já atuou como diretor de captação de recursos. Ele soube da nova função nesta semana, em reunião na qual o presidente Gilson Bonaldo escolheu seus vice-presidentes.

Em entrevista ao LIBERAL, Gallo informou que pretende definir até o final deste mês um novo treinador para o Campeonato Paulista Sub-23 Segunda Divisão, a popular Bezinha. “Vamos trazer o treinador primeiro e, com esse treinador, vamos montar [o elenco] juntos”, afirmou.

Segundo ele, na próxima segunda-feira, haverá uma videoconferência entre a FPF (Federação Paulista de Futebol) e os clubes participantes da competição.

O empresário espera saber, nesse encontro, quando o torneio será realizado, entre outras informações. Só depois, o Rio Branco definirá uma data para o início da preparação.

“A gente vai vir para disputar forte esse 2022”, disse Gallo, que vai revelar só num outro momento os nomes dos outros dirigentes do departamento de futebol.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Ele assume o lugar de Claudio Bonaldo, que migrou para o cargo de vice-presidente administrativo. Gilson ainda escalou Vinicius Carreon como vice-presidente financeiro, Moises Gonçalves como vice-presidente social, Marcos Antonio Andreoli Junior como vice-presidente de esportes e Jesus Desidério dos Santos como vice-presidente de patrimônio.

O presidente ressaltou as mudanças não estão relacionadas a eventuais erros ou falta de empenho. De acordo com ele, sua ideia foi dar oportunidade “para quem está chegando”. Gilson também destacou que quer “sempre aproximar cada vez mais gente do clube para ter mais engajamento”.

Publicidade