28 de fevereiro de 2021 Atualizado 23:29

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Corridas de rua

Juninho Dias propõe destinação de verba para o Fundo de Assistência ao Esporte

Lei atual obriga organizadores de corridas a repassarem para o Fundo Social de Solidariedade 5% do valor das inscrições

Por Rodrigo Alonso

19 jan 2021 às 16:50 • Última atualização 19 jan 2021 às 16:52

O vereador Juninho Dias (MDB), de Americana, propõe uma alteração na lei que obriga organizadores de corrida de rua a pagarem para a prefeitura 5% do valor das inscrições de cada evento. Ele sugere que o dinheiro vá para o Fundo de Assistência ao Esporte e não mais para o Fundo Social de Solidariedade, conforme prevê a legislação atual.

O parlamentar protocolou a proposta na câmara nesta segunda-feira (18), por meio de projeto de lei. Juninho acredita que essa mudança traria benefícios para o esporte local.

Juninho Dias quer utilizar valor recebido das corridas para investimentos no Esporte – Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

“Esse projeto foi debatido com a Secretaria de Esportes e apresentado justamente por conta do orçamento reduzido da pasta. Acreditamos que o projeto trará oportunidade de melhorias nesse setor e o investimento será revertido novamente aos atletas, por meio do incentivo ao esporte”, disse o vereador ao LIBERAL.

A lei que determina o pagamento é de outubro de 2019 e foi idealizada pela prefeitura. Em setembro daquele ano, houve uma audiência pública sobre o assunto.

O texto original previa repasse de R$ 5 por inscrição para o Fundo Social de Solidariedade. Após o debate, decidiu-se por uma cobrança proporcional de 5%.

À época, também se discutia a possibilidade de destinação para o Fundo de Assistência ao Esporte. Parlamentares, inclusive, propuseram essa alteração por meio de emenda. No entanto, a ideia não vingou.

Agora, a discussão está de volta. “Vale lembrar que, durante a votação do projeto, os vereadores podem expor opiniões e debater sobre o projeto para que busquemos o melhor para a nossa cidade”, afirmou Juninho.

Publicidade