10 de agosto de 2020 Atualizado 19:41

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

FUTEBOL

Guarani anuncia reapresentação em Campinas e ‘desiste’ de Americana

Planejamento do clube, duas semanas atrás, era fazer a reapresentação no Estádio Décio Vitta, do Rio Branco

Por Rodrigo Alonso

01 jul 2020 às 16:34 • Última atualização 01 jul 2020 às 23:14

O Guarani vai retomar os treinamentos na próxima segunda-feira (6), no Estádio Brinco de Ouro, em Campinas. A informação foi divulgada pelo clube nesta quarta-feira (1º) e determina também que a equipe não vai mais treinar no Décio Vitta, em Americana.

O planejamento do Bugre, duas semanas atrás, era fazer a reapresentação no estádio americanense, já que, naquele momento, a Prefeitura de Campinas ainda proibia a realização de treinos de futebol na cidade, devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Jogadores passaram por testagens para detecção do novo coronavírus, e resultados deram negativo – Foto: David Oliveira / Guarani

Em Americana, por outro lado, no dia 16 de junho, a diretoria bugrina conseguiu permissão tanto da administração municipal quanto do Rio Branco, dono do DV.

O Guarani pretendia iniciar as atividades no estádio riobranquense ainda naquela semana, mas recuou após o governador João Doria (PSDB) anunciar, no dia 17, que os clubes de São Paulo só poderiam treinar a partir de 1º de julho.

Nesta quarta, o elenco voltou ao trabalho em Campinas, mas realizou apenas atividades de fortalecimento muscular, exames e testes, segundo o clube. Os treinos dentro de campo começam na próxima segunda.

Desde 9 de junho, os jogadores, membros da comissão técnica e funcionários passaram por testagem para detecção do novo coronavírus duas vezes. Nas duas oportunidades, todos os resultados deram negativo.

Além da Capa
Os eleitores brasileiros ainda não sabem em que data irão às urnas neste ano para escolher novos prefeitos e vereadores. Diante dessa indefinição, como se comportam as campanhas em Americana e região nesse momento? Afinal, considerando a data originalmente prevista (4 de outubro), faltam menos de 100 dias para as eleições. Nesse episódio, o editor Bruno Moreira recebe o repórter André Rossi e editor-executivo e chefe de reportagem do LIBERAL, João Colosalle, para discutir o cenário regional.