08 de maio de 2021 Atualizado 09:29

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

SONHO REALIZADO

Garantido nos Jogos de Tóquio, Murilo Sartori agradece carinho de Americana

Em entrevista ao LIBERAL, nadador fala em gratidão às pessoas que fizeram parte de sua trajetória rumo ao sonho olímpico

Por Rodrigo Alonso

20 abr 2021 às 21:54

Atleta de 18 anos representa a equipe Natação Americana – Foto: Satiro Sodré / SSPress / CBDA

Após classificação para os Jogos de Tóquio, o nadador Murilo Sartori agradeceu o carinho recebido dos americanenses nessa caminhada rumo ao sonho olímpico, que se tornou realidade nesta terça-feira (20), no Rio de Janeiro.

“Fico muito feliz por todo o carinho que eu recebo de todo mundo que me acompanha sempre. Voltando para Americana, tenho de agradecer muita gente que fez parte da trajetória, do caminho. Teve todos os médicos, os fisioterapeutas, a galera do Centro Cívico que está todo dia treinando comigo”, disse o atleta de 18 anos em entrevista ao LIBERAL.

O prefeito Chico Sardelli (PV) parabenizou o americanense nas redes sociais, em comentário na reportagem publicada pelo LIBERAL sobre a conquista de Murilo.

“Que orgulho para Americana! Nossos corações estarão em Tóquio em torcida pelo grande Murilo Sartori e por toda Natação de Americana. Parabéns a todos que, direta ou indiretamente, fazem parte dessa conquista histórica! Vocês são 10”, escreveu Chico.

O nadador garantiu sua passagem para o Japão ao ficar em terceiro lugar nos 200 metros livre da Seletiva Brasileira, no Parque Aquático Maria Lenk.

O resultado credencia Murilo a representar Americana e o Brasil no revezamento 4×200 m livre. Ele vai integrar o quarteto que também conta com o recordista sul-americano Fernando Scheffer, do Minas Tênis Clube; Breno Correia, do Pinheiros; e Luiz Altamir Lopes Melo, do Ideal Clube.

Na final dos 200 m, o americanense também estabeleceu um novo recorde pessoal, com 1min47s33. Vencedor da prova, Scheffer cravou 1min46s28.

Murilo ainda tem mais um compromisso na Seletiva. Na quinta, ele voltará à piscina para a disputa dos 100 m livre, com possibilidade de vaga em prova individual e também de revezamento.

“Agora, é fechar a competição com chave de ouro. Acho que, depois de hoje, eliminou um grande peso das costas”, afirmou o atleta, que representa a equipe Natação Americana e é treinado por Fabio Cremonez.

Publicidade