07 de julho de 2022 Atualizado 12:39

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Atletismo

Felipe Bardi celebra desempenho no Ibero-Americano

Defendendo o Brasil, ele conquistou a segunda colocação nos 100 m rasos e o bronze no revezamento 4x100

Por Guilherme Magnin

25 de maio de 2022, às 20h35

O velocista americanense Felipe Bardi viu como positiva sua participação no Campeonato Ibero-Americano, disputado no último final de semana, em La Núcia, Espanha.

Defendendo a seleção brasileira, ele conquistou a segunda colocação na prova dos 100 m rasos, com o tempo de 10s26, e ainda foi bronze no revezamento 4×100 m rasos.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Em entrevista ao LIBERAL, Bardi comentou sobre a experiência em uma competição que até então era inédita para ele. “Foi uma competição boa, que eu nunca tinha participado. Eu tinha um sonho de representar o Brasil em mais essa competição. Acredito que tenha sido uma das edições mais fortes do Ibero-Americano”, afirmou.

Apesar da prata e do bronze, Bardi disse que não gostou de seu tempo na prova individual, de 10s26. Dias antes na disputa do Troféu Adhemar Ferreira da Silva Loterias Caixa, em Bragança Paulista, ele havia corrido a mesma distância em 10s07, sua melhor marca na carreira.

Séries, filmes, games, quadrinhos: conheça o Estúdio 52.

“Eu fui segundo nos 100 m, com uma marca um pouco acima, mas eu fiquei feliz pela medalha. Achei que a marca não foi muito boa, eu avalio assim, mas fico muito feliz pela medalha”, completou.

Após a competição na Espanha, o americanense seguiu para Portugal, país no qual seguirá treinando para a disputa do chamado circuito europeu, com provas preparatórias para a sequência da temporada. Neste final de semana, ele compete na Itália, na cidade de Pisa.

Publicidade