21 de abril de 2021 Atualizado 08:28

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

PAULISTÃO

Barbarense Raphael Claus completa 100 jogos como árbitro na Série A1

Profissional atingiu a marca no empate em 1 a 1 entre Santos e Ferroviária, na Vila Belmiro, nesta quarta

Por Rodrigo Alonso

04 mar 2021 às 15:56 • Última atualização 05 mar 2021 às 11:25

O barbarense Raphael Claus completou, nesta quarta-feira (3), 100 jogos como árbitro principal de um jogo do Campeonato Paulista da Série A1. Ele atingiu a marca no empate em 1 a 1 entre Santos e Ferroviária, na Vila Belmiro.

“Desde quando eu fiz o curso, lá em 2002, pensava em poder trabalhar em um jogo da Série A1. Agora, atingir a marca de 100 jogos é muito gratificante. Quero agradecer as comissões que passaram, que confiaram no meu trabalho, me deram oportunidade para eu chegar a essa marca”, disse o árbitro em texto publicado pela FPF (Federação Paulista de Futebol).

Claus liderou a arbitragem em cinco finais do Campeonato Paulista – Foto: Cesar Greco / Palmeiras

A história dele na competição começou em 20 de janeiro de 2010, quando o profissional apitou um empate em 2 a 2 entre Oeste e Monte Azul, em Itápolis.

Desde então, Claus liderou a arbitragem em cinco finais, nos anos de 2014, 2016, 2017, 2019 e 2020. Ele também venceu quatro vezes o prêmio de melhor árbitro do Estadual, em 2011, 2016, 2019 e 2020.

Seu primeiro clássico foi no dia 20 de fevereiro de 2011. Na oportunidade, o Corinthians bateu o Santos por 3 a 1, no Pacaembu.

Hoje, aos 41 anos, o barbarense integra o quadro da Fifa e está cotado para a Copa do Mundo de 2022, que será no Catar.

“A carreira do árbitro se faz jogo a jogo, não se faz pensando em longo prazo. Então, tem de se viver sempre o presente, tendo regularidade e equilíbrio. Não pode se achar o melhor do mundo quando te elogiam, nem o pior quando te criticam. Esse é o equilíbrio que todo árbitro de futebol tem de ter”, comentou.

O profissional ingressou na função por influência do barbarense Vinicius Furlan, que também é árbitro e, atualmente, chefia a Secretaria Municipal de Esportes.

“Vivo o futebol desde que nasci. Jogava em categorias de base e, por muito tempo, joguei futsal. Nesse tempo, eu conheci o Vinicius Furlan, árbitro da FPF e da CBF também, e ele me incentivou a fazer o curso. Sempre convivi com o futebol e acabei pegando gosto pela arbitragem”, afirmou.

No Paulistão de 2021, Claus já trabalhou em duas partidas. Porém, na primeira delas, atuou no VAR (arbitragem de vídeo). Ele entrou em campo somente na segunda rodada, na última quarta.

Publicidade