28 de setembro de 2020 Atualizado 12:16

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Paulistão

Barbarense Raphael Claus apitará primeiro jogo da final do Paulistão

Árbitro operou o VAR em duelo do último domingo, quando o Corinthians venceu o Mirassol e avançou até a decisão

Por Leonardo Oliveira

04 ago 2020 às 08:51 • Última atualização 04 ago 2020 às 10:39

A primeira partida da grande final do Campeonato Paulista, entre Corinthians e Palmeiras, terá a arbitragem do barbarense Raphael Claus. O duelo está marcado para as 21h30 desta quarta-feira, na Arena Corinthians, em Itaquera.

Claus terá a companhia os auxiliares Neuza Ines Back e Daniel Paulo Ziolli. Já o VAR, o árbitro de vídeo, vai ser comandado por Thiago Duarte Peixoto. Além disso, Marcio Henrique de Gois e Herman Brumel Vani vão ser os assistentes do VAR.

Claus vai apitar o primeiro jogo entre Corinthians e Palmeiras – Foto: Arquivo / O Liberal

Essa será a quinta final de Paulistão apitada pelo barbarense. A primeira experiência dele em uma decisão estadual foi em 2014, na vitória do Santos sobre o Ituano por 1 a 0, no Pacaembu. Na ocasião, o time do interior ficou com o troféu após disputa por pênaltis.

Em 2016, Claus foi o árbitro do título do Santos contra o Audax, então treinado por Fernando Diniz, atualmente no São Paulo. No ano seguinte, apitou o primeiro jogo da final, quando o Corinthians bateu a Ponte Preta por 3 a 0 em Campinas – o timão se sagrou campeão ao final da segunda partida.

A última decisão paulista arbitrada por Claus foi novamente um título corintiano, no ano passado, desta vez sobre o São Paulo, com vitória por 2 a 1.

No último domingo, o barbarense esteve na Arena Corinthians, mas para operar o VAR. E partiu dele a orientação para uma marcação decisiva do árbitro Vinícius Gonçalves, aos 14 minutos do segundo tempo, quando a partida entre Corinthians e Mirassol estava empatada em 0 a 0.

Naquele momento, o árbitro marcou falta de Juninho em Carlos numa dividida. O VAR, então, sugeriu a revisão do lance. E o juiz decidiu dar o cartão vermelho para o camisa 10 do Mirassol. Com um jogador a mais em campo, o time da capital conseguiu marcar o gol da vitória e da classificação à final do Estadual.

Claus também foi o árbitro do clássico entre Corinthians e Palmeiras disputado em 22 de julho, na volta do Paulistão. Naquela oportunidade, também em Itaquera, o time da casa venceu por 1 a 0 graças ao gol marcado pelo zagueiro Gil.

Aquele foi, aliás, o sexto dérbi apitado por Claus. No total, são três triunfos do Corinthians, dois empates e uma vitória do Palmeiras.

*Com informações da Agência Estado

Podcast Além da Capa
Entre tantos anúncios aguardados com ansiedade em relação à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a apresentação de uma vacina eficaz e produzida em larga escala, com capacidade de imunização de toda a população, seria o equivalente a um trending topic unânime ao redor do globo. O episódio do “Além da Capa” dessa semana atualiza o panorama local em relação à espera pelo imunizante.

Publicidade