06 de junho de 2020 Atualizado 08:41

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Esporte

Em meio à pandemia, Guarani confirma repasse mensal ‘fundamental’ de parceiro

Por Agência Estado

01 Maio 2020 às 17:05 • Última atualização 01 Maio 2020 às 17:56

Apesar dos graves impactos provocados pela pandemia do novo coronavírus à economia mundial, o Guarani ganha alívio parcial no que diz respeito ao pagamento de um de seus parceiros.

A empresa Magnum, responsável por arrematar o Estádio Brinco de Ouro da Princesa, honrou mais um mês o acordo estabelecido na Justiça e depositou mais R$ 350 mil, valor essencial para o Guarani manter os salários em dia perante jogadores e funcionários.

“Existia, sim, uma preocupação (com paralisação no repasse). No dia 15 fez o pagamento da parcela deste mês. Então foi fundamental para a gente seguir aí nessa luta que estamos vivendo”, declarou o presidente Ricardo Miguel Moisés, em entrevista à Rádio Bandeirantes de Campinas.

O montante, entretanto, não chega de forma integral aos cofres do Guarani. Por coleção de ações judiciais no passado, time campineiro vê 20% do total retido na fonte (R$ 70 mil) para quitar problemas trabalhistas.