12 de julho de 2020 Atualizado 20:10

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Tênis

Demoliner volta ao Top 50 do ranking de duplistas após título na Argentina

Por Agência Estado

10 fev 2020 às 14:54 • Última atualização 27 abr 2020 às 12:03

Campeão no último final de semana do ATP 250 de Córdoba, na Argentina, em parceria com o holandês Matwe Middelkoop, Marcelo Demoliner voltou a figurar no Top 50 do ranking de duplistas da ATP. Na atualização desta segunda-feira da lista, o brasileiro passou a figurar na 48.ª colocação.

Demoliner subiu 10 posições na lista, passando a somar 1.745 pontos. Middelkoop, seu parceiro na conquista do ATP 250 argentino, atingiu o 53.º lugar, tendo saltado seis postos nesta atualização.

O gaúcho é o terceiro brasileiro mais bem colocado no ranking. Ele ainda está atrás de Marcelo Melo, que ascendeu uma posição, para o nono lugar, mesmo sem ter atuado na última semana, e Bruno Soares, o 23.º colocado.

O ATP 250 de Córdoba contou com a participação de outros dois brasileiros em sua chave de duplas: Fernando Romboli e Thiago Monteiro, que caíram nas quartas de final. Eles estão em 97.º e 467.º lugar, respectivamente.

Monteiro, aliás, disputou a chave de simples em Córdoba e foi eliminado na primeira rodada. Ele continua sendo o único brasileiro entre os 100 melhores do mundo, mas perdeu três posições e agora ocupa o 92.º lugar.

Essa lista continua sendo liderada pelo sérvio Novak Djokovic, com 9.720 pontos, seguido, em ordem, pelo espanhol Rafael Nadal, pelo suíço Roger Federer, pelo austríaco Dominic Thiem e pelo russo Daniil Medvedev, que fecha o Top 5. O grego Stefanos Tsitsipas segue em sexto lugar, à frente do alemão Alexander Zverev e do italiano Matteo Berrettini.

O francês Gael Monfils permaneceu em nono lugar após ser campeão do ATP 250 de Montpellier, na França. E o belga David Goffin, que parou nas semifinais do mesmo evento, é o 10.º colocado.

Vice-campeão em Córdoba, o argentino Diego Schwartzman segue na 14.ª posição. O ganhador foi o chileno Cristian Garín, que galgou cinco postos e agora é o 26.º. O checo Jiri Vesely se tornou o número 72 do mundo, subindo 35 posições, após ser campeão em Pune, na Índia.

Confira o ranking da ATP:

1.º – Novak Djokovic (SER) – 9.720 pontos
2.º – Rafael Nadal (ESP) – 9.395
3.º – Roger Federer (SUI) – 7.130
4.º – Dominic Thiem (AUT) – 7.045
5.º – Daniil Medvedev (RUS) – 5.890
6.º – Stefanos Tsitsipas (GRE) – 4.745
7.º – Alexander Zverev (ALE) – 3.885
8.º – Matteo Berrettini (ITA) – 2.860
9.º – Gael Monfils (FRA) – 2.860
10.º – David Goffin (BEL) – 2.600
11.º – Fabio Fognini (ITA) – 2.400
12.º – Roberto Bautista Agut (ESP) – 2.360
13.º – Stanislas Wawrinka (SUI) – 2.360
14.º – Diego Schwartzman (ARG) – 2.325
15.º – Andrey Rublev (RUS) – 2.174
16.º – Denis Shapovalov (CAN) – 2.120
17.º – Karen Khachanov (RUS) – 1.995
18.º – John Isner (EUA) – 1.940
19.º – Benoit Paire (FRA) – 1.738
20.º – Nick Kyrgios (AUS) – 1.690
92.º – Thiago Monteiro (BRA) – 634
176.º – João Menezes (BRA) – 286
206.º – Thiago Wild (BRA) – 235