04 de junho de 2020 Atualizado 22:56

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Esporte

Com nome de Luo Guofu, atacante Aloísio é chamado pela 1ª vez à seleção da China

Por Agência Estado

29 abr 2020 às 13:21 • Última atualização 05 Maio 2020 às 14:54

A seleção da China tem agora dois jogadores brasileiros naturalizados em seu elenco. Depois do meia Elkeson, ex-Botafogo que tem o nome chinês de Ai Kesen, nesta quarta-feira foi a vez do atacante Aloísio, apelidado no Brasil de “Boi Bandido” quando jogou por Figueirense e São Paulo, ser convocado pela primeira vez para o time nacional comandado pelo técnico Li Tie.

Com o novo nome em chinês de Luo Guofu, Aloísio apareceu em uma lista de jogadores chamados pela Associação Chinesa de Futebol (CFA, na sigla em inglês) para um período de treinamentos em maio, na cidade de Xangai, como preparação para partidas, ainda sem data definida, das Eliminatórias Asiáticas da Copa do Mundo de 2022, que será jogada no Catar.

A convocação de Aloísio, de 32 anos, é a terceira de um jogador estrangeiro para a seleção da China. Além dos atletas brasileiros, o mesmo caminho foi seguido pelo zagueiro/volante inglês Nico Yennaris, que passou a ser chamado de Li Ke.

Outros jogadores brasileiros estão na mira dos dirigentes chineses. São os casos de Ricardo Goulart, Alan e Fernandinho, sendo que o primeiro, atualmente no Guangzhou Evergrande, já conseguiu concluir o processo de naturalização, mas ainda estaria pendente de uma autorização da Fifa para ser convocado.

Aloisio chegou à China em 2014, após se destacar no São Paulo, e passou duas temporadas no Shandong Luneng, antes de se transferir para o Hebei China Fortune e chegar a atuar no Guangdong South China. No final do ano passado, foi contratado pelo Guangzhou Evergrande.