11 de maio de 2021 Atualizado 10:47

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

PSG

Com lesão no tornozelo, Neymar só deve voltar aos gramados em janeiro

Havia expetativa pela volta neste fim de semana, mas clube constatou lesão mais grave do que se imaginava

Por Agência Estado

19 dez 2020 às 11:08 • Última atualização 20 dez 2020 às 15:34

O Paris Saint-Germain confirmou neste sábado que Neymar só voltará a jogar em janeiro. Com isso, o atacante brasileiro, que se recupera de entorse no tornozelo esquerdo sofrido há uma semana, desfalca a equipe francesa nos últimos dois compromissos no ano diante do Lille, líder do Campeonato Francês, e do Strasbourg.

Neymar sofreu dura entrada de Thiago Mendes, do Lyon, no domingo passado – Foto: Thibault Camus / Associated Press / Estadão Conteúdo

Havia a expectativa de que Neymar atuasse já neste domingo, contra o Lille. O próprio técnico Thomas Tuchel havia dito que a lesão não era “muito grave”. No entanto, depois de exames, o PSG informou que o craque brasileiro continua seu tratamento em uma “área de contusão óssea” e que seu retorno aos gramados está previsto para janeiro de 2021.

Neymar se machucou no domingo passado, na derrota por 1 a 0 para o Lyon. Ele recebeu uma entrada dura do brasileiro Thiago Mendes, que acabou suspenso por três partidas por causa dessa falta. Na ocasião, o camisa 10 saiu de campo com dores e chorando muito. Depois, disse que o choro era de “desespero, medo, angústia, cirurgia, muletas e outras lembranças ruins”.

Fora do duelo contra o Lille, que vale a liderança do Campeonato Francês, neste domingo, e também do próximo jogo diante do Strasbourg, na quarta-feira, Neymar deve estar apto para retornar na partida contra o Saint-Étienne, dia 6 de janeiro. Será o primeiro compromisso do PSG em 2021.

Os outros desfalques são Danilo Pereira, Pablo Sarabia, Mauro Icardi, Abdou Diallo e Juan Bernat. Por outro lado, o brasileiro Marquinhos está recuperado de um problema no quadril e deve enfrentar o Lille, fora de casa, no encerramento da 16ª rodada.

Publicidade