10 de maio de 2021 Atualizado 22:43

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Com arbitragem feminina, Botafogo empata sem gols com Nova Iguaçu no Engenhão

Por Agência Estado

02 Maio 2021 às 20:16 • Última atualização 03 Maio 2021 às 07:53

Em jogo morno, sem grandes oportunidades, o Botafogo não passou de um empate sem gols diante do Nova Iguaçu, neste domingo, no estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro, e agora terá que vencer na volta para chegar à final da Taça Rio no Campeonato Carioca.

Como tem campanha melhor, o Nova Iguaçu poderá decidir em casa no próximo domingo, às 18 horas, e ainda jogará por novo empate. Ao Botafogo restará uma vitória simples. O vencedor pegará Vasco ou Madureira.

A partida teve arbitragem feminina. Rejane Caetano da Silva, do quadro da Fifa, ficou no apito e contou com as assistentes Andréa Izaura Marcelino e Fabiana Nóbrega. A árbitra mostrou quatro cartões amarelos: Pedro Castro e Rickson, do Botafogo, e Anderson Künzel e Gabriel, do Nova Iguaçu. De repente, em um jogo fraco, acabou chamando a atenção.

O primeiro tempo de Botafogo x Nova Iguaçu foi fraco, sem grandes jogadas. O time alvinegro tomou a iniciativa. Aos 6 minutos, Marco Antônio, livre, aproveitou cruzamento de Felipe Ferreira e cabeceou com perigo. O visitante apareceu só aos 32. Anderson Künzel bateu firme de fora da área e a bola passou perto do gol de Douglas Borges.

No segundo tempo, Abuda colocou na cabeça de Anderson Künzel, que deu no contrapé do goleiro do Botafogo. Mesmo assim, Douglas Borges fez boa defesa. O time alvinegro chegou aos 21 minutos em finalização de Matheus Nascimento, mas Luís Henrique espalmou.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 0 x 0 NOVA IGUAÇU

BOTAFOGO – Douglas Borges; Jonathan (Warley), Kanu, David Souza e Paulo Victor; Rickson (Marcinho), Matheus Frizzo, Pedro Castro (Romildo), Marco Antônio (Ronald) e Felipe Ferreira (Ênio); Matheus Nascimento. Técnico: Marcelo Chamusca.

NOVA IGUAÇU – Luís Henrique; André Santos, Leonardo, Rafinha e Mezenga; Abuda, Vandinho (Riquelme), Anderson Künzel (Andrey) e Dieguinho (Gabriel); Yan (João Pedro) e Luã (Canela). Técnico: Carlos Vitor.

CARTÕES AMARELOS – Pedro Castro e Rickson (Botafogo); Anderson Künzel e Gabriel (Nova Iguaçu).

ÁRBITRO – Rejane Caetano da Silva (Fifa).

RENDA E PÚBLICO – Jogo com portões fechados.

LOCAL – Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ).

Publicidade