17 de setembro de 2020 Atualizado 23:15

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

+ Esportes

Chapecoense é indicada em ‘Momento Esportivo’ do Prêmio Laureus

Por Agência Estado

10 jan 2020 às 16:10 • Última atualização 27 abr 2020 às 11:39

A Chapecoense foi novamente indicada ao Laureus, considerado o Oscar do esporte. O clube catarinense vai concorrer ao novo Prêmio Momento Esportivo 2000-2020, que vai reunir na disputa os vencedores desta categoria nos 20 anos da premiação. A equipe de Chapecó levou o prêmio em 2018.

Ao todo, serão 20 concorrentes na disputa, somando todos os vencedores da categoria nas 20 edições da premiação. A premiação deste ano, marcada para 17 de fevereiro, em Berlim, terá caráter especial por completar 20 anos do grande evento, que conta com a participação de alguns dos maiores atletas da história.

Pela definição oficial, esta categoria “celebra os instantes em que o esporte uniu as pessoas da maneira mais extraordinária”. “Uma coleção dos melhores momentos esportivos mundiais do novo milênio, demonstrando valores esportivos como fair play, espírito desportivo, humanidade, superação de adversidades, dedicação e poder de união por meio do esporte – todos valores fundamentais do movimento Laureus”, informou a organização do prêmio.

Esta categoria é a única que é decidida por votação do público, que começa nesta sexta-feira, no site: laureus.com/vote. A escolha online vai até 16 de fevereiro. O vencedor será conhecido na cerimônia marcada para o dia 17, na Alemanha.

A Chapecoense concorre ao prêmio como os “Eternos Campeões”, em referência ao amistoso que homenageou as vítimas do acidente aéreo ocorrido em novembro de 2016. Na partida, em agosto de 2017, o zagueiro Alan Ruschel voltou ao campo defendendo a Chapecoense contra o Barcelona. Ele jogou os primeiros 35 minutos da partida antes de ser substituído e foi aplaudido de pé.

Os concorrentes do clube brasileiro são atletas e equipes que também causaram comoção mundial nas últimas duas décadas, caso do ex-piloto de Fórmula 1 Alex Zanardi, hoje competindo no paraciclismo; do momento em que Mick Schumacher pilotou o carro usado em 2004 pelo seu pai; e da Equipe Olímpica de Refugiados, formada para competir nos Jogos do Rio-2016.

Os demais rivais da Chapecoense na disputa envolvem modalidades como levantamento de peso, críquete, futebol, tênis, montanhismo, triatlo, surfe, atletismo, natação, skate e futebol americano.

Publicidade