02 de março de 2021 Atualizado 16:35

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Brasileiros decidem e Everton elimina Tottenham na Copa da Inglaterra

Por Agência Estado

10 fev 2021 às 20:01 • Última atualização 10 fev 2021 às 23:19

Com atuação decisiva de jogadores brasileiros, o Everton despachou o Tottenham na Copa da Inglaterra, nesta quarta-feira. Atuando em casa, no Goodison Park, o time de Liverpool eliminou a equipe comandada por José Mourinho pelo placar de 5 a 4, com o gol decisivo, marcado por Bernard, na prorrogação. Richarlison marcou duas vezes para os anfitriões.

Gylfi Sigurdsson, pelo Everton, e Davinson Sanchez, com dois gols para os visitantes, também se destacaram na equilibrada partida. O triunfo garantiu a equipe da casa nas quartas de final da segunda competição mais importante do calendário nacional, atrás apenas do Campeonato Inglês.

Com assistência do sul-coreano Heung-Min Son, Sanchez abriu o movimentado placar do jogo logo aos três minutos. A vantagem durou até os 36, quando Sigurdsson deu passe para Dominic Calvert-Lewin, um dos destaques da temporada, empatar. Dois minutos depois, Calvert-Lewin atuou como “garçom” para o gol da virada, marcado por Richarlison.

Aos 43, Sigurdsson converteu cobrança de pênalti e aumentou a vantagem dos anfitriões. No entanto, o Tottenham se manteve vivo no duelo ao descontar nos acréscimos, com Erik Lamela.

O segundo tempo teve menos gols, porém também foi movimentado. Sanchez empatou para o time de Londres aos 12. Sem desanimar, o Everton voltou a liderar o marcador aos 23, com assistência de Sigurdsson e mais um gol de Richarlison. E, quando tudo parecia definido, o Tottenham chegou ao quarto gol, com Harry Kane e passe de Son.

Com o empate, o confronto precisou ser definido na prorrogação. E o brasileiro Bernard, que saíra do banco de reservas no segundo tempo, decidiu o jogo e a classificação em favor do Everton no começo da etapa inicial da prorrogação.

Mais cedo, o Leicester City dispensou o tempo extra com gol de Kelechi Iheanacho nos acréscimos para vencer e eliminar o Brighton por 1 a 0, em casa. Também pelo placar mínimo, o Sheffield bateu o Bristol City, em seu estádio.

Publicidade