França derrota a Austrália e fica com 3º lugar no Mundial pela 2ª vez seguida


Responsável por derrubar uma invencibilidade de 13 anos, ou 48 partidas, dos Estados Unidos, a seleção da França derrotou a Austrália por 67 a 59 neste domingo e ficou com o terceiro lugar no Mundial de Basquete, que está sendo realizado na China.

Os franceses, que foram superados nas semifinais pela Argentina, já estão garantidos, ao lado da Espanha como representante da Europa, nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020.

O mesmo vale para a Austrália, primeira seleção confirmada nas Olimpíadas, uma vez que a Nova Zelândia, que também brigava por uma vaga da Oceania em Tóquio, foi eliminada ainda na primeira fase.

Foi a segunda vez que a França termina um Mundial em terceiro. O fato aconteceu pela primeira vez na última edição, em 2014, disputada na Espanha e que teve os Estados Unidos como campeões.

Nando De Colo foi o cestinha da partida. O armador francês anotou 19 pontos e foi fundamental para o triunfo que garantiu à sua equipe o terceiro lugar no Mundial. Ele também contribuiu com três rebotes e duas assistências. O ala Evan Fournier, com 16 pontos e cinco rebotes, também foi responsável direto pelo bom desempenho francês em quadra.

Patty Mills, acostumado a ser o cestinha australiano na maioria dos jogos, desta vez não foi o maior pontuador da seleção da Oceania. Quem mais pontuou foi Joe Ingles, com 17 pontos, além de ter pegado cinco rebote e dado três assistências. No entanto, Mills contribuiu com 15 e duas assistências e também teve boa atuação.

No duelo em Pequim, os franceses começaram mal e foram dominados nos dois primeiros quartos. No primeiro tempo, a Austrália conseguiu abrir nove pontos de vantagem e foi ao intervalo vencendo por 30 a 21.

No entanto, a França acordou na segunda metade da partida. Com uma defesa mais segura e um ataque que passou a funcionar melhor, o time europeu passou à frente no placar no último quarto e sustentou a vantagem até o final para ficar com o terceiro posto no Mundial.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora