Dupla americanense é convocada para disputar Pan-Americano

Izabella Sangalli e Débora Costa são de Americana e irão integrar a seleção brasileira na competição que vai ocorrer no Peru


As americanenses Débora Costa e Izabella Sangalli vão disputar os Jogos Pan-Americanos pela seleção brasileira de basquete feminino. Elas foram convocadas pelo técnico José Neto nesta sexta-feira.

A 18ª edição do evento continental acontece entre os dias 26 de julho e 11 de agosto, em Lima, no Peru. A disputa de basquete está marcada para o período de 6 a 10 de agosto.

Foto: Divulgação
Débora Costa

“Fiquei bem feliz. Para mim, é muito importante ser convocada novamente. É o objetivo que eu tinha. Eu vinha trabalhando bastante para isso. Espero estar bem e contribuindo o máximo que eu puder”, disse Débora, que tem 27 anos e joga pelo Sesi Araraquara.

Izabella, de 24 anos, também comemorou a convocação. “Os meus planos são ir e treinar forte para dar o meu máximo”, afirmou a atleta do Ituano. Ela já tinha representado o País no Sul-Americano de 2018. O Brasil foi vice-campeão do torneio. “Acho que consegui contribuir bem para o time lá”, comentou.

Foto: Divulgação
Izabella Sangalli

Tanto Débora como Izabella disputam, atualmente, a LBF (Liga de Basquete Feminino). Débora tem média de 12 pontos e 5,67 assistências por partida. No caso de Izabella, a média é de 11.1 pontos e 2,9 assistências por jogo.

Na seleção, elas vão se preparar no Rio de Janeiro, na Arena Poliesportiva Coronel Wenceslau Malta, localizada no Parque Olímpico de Deodoro. Os treinos ocorrem de 16 a 30 de julho. No dia 31, a equipe segue viagem para Lima.

José Neto convocou, ao todo, 16 jogadoras. “Esta convocação para os Jogos Pan-Americanos e os treinamentos fazem parte do início de um processo em que visamos a evolução do basquete feminino brasileiro no cenário internacional”, declarou o treinador.

Débora e Izabella já defenderam o Brasil nos Jogos Pan-Americanos de 2015, em Toronto, no Canadá. Naquela oportunidade, a seleção ficou com o quarto lugar, atrás do campeão Canadá, do vice Estados Unidos e de Cuba.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora