Antes de suspensão, NBA adia Kings x Pelicans e tem rodada com só 4 jogos


A última partida da NBA programada antes de começar a vigorar a suspensão da temporada anunciada na quarta-feira pela liga foi adiada de última hora. A medida foi tomada porque um dos árbitros da partida Sacramento Kings x New Orleans Pelicans havia trabalhado em uma partida na segunda-feira do Utah Jazz, que teve um jogador testando positivo para o coronavírus.

Dirigentes da liga anunciaram o adiamento do jogo minutos antes do seu início. A NBA indicou que a medida obedeceu a uma “extrema precaução” por causa da presença do árbitro Courtney Kirkland no confronto Utah Jazz x Toronto Raptors na noite de segunda-feira.

Estrela do Utah, Rudy Gobert testou positivo para o Covid-19. O caso foi revelado pouco antes do início do encontro Thunder x Jazz, que foi adiado. E a NBA anunciou a suspensão da temporada até novo aviso, depois dos duelos de quarta-feira. Mas a decisão foi implementada antes, com o adiamento de Pelicans x Kings, refletindo o ritmo alucinante com que evoluiu a reação à propagação do vírus.

Ainda assim, quatro jogos foram disputados na noite de quarta-feira. O Dallas Mavericks derrotou o Denver Nuggets por 113 a 97, em casa, com 31 pontos e 17 rebotes de Boban Marjanovic e 25 pontos de Jamal Murray, encerrando uma série de três derrotas.

Recuperado de lesão no ombro direito, Joel Embiid retornou ao Philadelphia 76ers e o liderou com 30 pontos e 14 rebotes no triunfo por 124 a 106 sobre o Detroit Pistons. Chrstian Wood foi o cestinha da noite com 32 pontos pelos Pistons.

O Miami Heat adiou a sua classificação aos playoffs ao perder por 109 a 98 para o Charlotte Hornets, em casa. Devonte’ Graham marcou 30 pontos para os Hornets e Kendrick Nunn fez 24. E o New York Knicks bateu o Atlanta Hawks por 136 a 131, fora de casa, em duelo definido na prorrogação, com 33 pontos e 11 rebotes de Julius Randle. Trae Young marcou 42 pontos para os Hawks.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora