21 de abril de 2021 Atualizado 11:03

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Alemanha vence e elimina a Sérvia de Djokovic na ATP Cup; Espanha avança à semi

Por Agência Estado

05 fev 2021 às 09:05 • Última atualização 05 fev 2021 às 10:50

A ATP Cup, competição entre países que acontece nesta semana em Melbourne e serve de preparação para o Aberto da Austrália, conheceu nesta sexta-feira os dois últimos semifinalistas. Rússia e Itália já haviam garantido seus lugares na última quarta e desta vez Alemanha e Espanha se classificaram. Os alemães foram os responsáveis por eliminarem a Sérvia, atual campeã que tem Novak Djokovic, o número 1 do mundo.

Para ficar com a primeira colocação no Grupo A, a Alemanha fez 2 a 1 na Sérvia em um confronto equilibrado e emocionante. Jan-Lennard Struff contou com um misto de sorte e potência para obter uma importante virada em cima de Dusan Lajovic, que entrou de última hora para substituir Filip Krajinovic, com dores nas costas, por 2 sets a 1 – parciais de 3/6, 6/3 e 6/4.

O resultado colocou maior pressão sobre Djokovic, que na sequência enfrentou Alexander Zverev com a obrigação de levar a decisão para o jogo de duplas. E o líder do ranking mostrou mais uma vez que lida muito bem com isso. Buscou uma virada e triunfou por 2 sets a 1 – com parciais de 6/7 (3/7), 6/2 e 7/5, em 2 horas e 35 minutos.

Derrotado em simples, Zverev não precisou esperar muito para conseguir a revanche. Na partida de duplas, que definiu o confronto, os dois voltaram à quadra e desta vez o triunfo acabou no lado a Alemanha, com Zverev e Struff batendo Djokovic e Nikola Cacic com parciais de 7/6 (7/4), 5/7 e 10 a 6 no match tie-break.

O próximo obstáculo no caminho de Zverev e Struff, já neste sábado, será o forte time da Rússia de Daniil Medvedev e Andrey Rublev, que venceram todos os jogos de simples que disputaram até então na ATP Cup.

ESPANHA – Pelo Grupo B, a Espanha, mesmo sem Rafael Nadal, encarou a Grécia e precisava só de uma vitórias nas três partidas do dia para avançar às semifinais. Como se esperava, garantiu logo na primeira com Pablo Carreño Busta confirmando o seu amplo favoritismo sobre Michail Pervolarakis ao ganhar por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4.

Na sequência, os gregos viraram e venceram o confronto por 2 a 1, mas de nada adiantou por causa dos critérios de desempate. Stefanos Tsitsipas empatou a série batendo Roberto Bautista Agut com um duplo 7/5 e, nas duplas, Tsitsipas e Markos Kalovelonis ganharam o primeiro game e contaram com a desistência de Carreño Busta e Marcel Granollers.

Os adversários da Espanha na semifinal deste sábado será a Itália de Fabio Fognini e Matteo Berrettini, vencedora do Grupo C ao derrotar Canadá e França. Nesta sexta-feira, os franceses se despediram com uma vitória por 2 a 1 sobre a Áustria.

Publicidade