17 de junho de 2021 Atualizado 00:01

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Abel elogia Deyverson e fala sobre poupar antes de clássico: ‘Como fazer isso?’

Por Agência Estado

07 jun 2021 às 07:20 • Última atualização 07 jun 2021 às 08:28

Cheio de desfalques nos últimos dias, em razão de convocações e lesões, o técnico português Abel Ferreira ganhou o reforço de Deyverson, de volta ao clube após passagem pelo futebol espanhol, para os treinos ao longo desta semana. Segundo o treinador, é provável que o atacante, bastante elogiado por ele, seja aproveitado nos próximos compromissos do clube.

“Acredito que possa nos ajudar, já conhece boa parte do elenco e sabe a exigência dos nossos torcedores. Vale destacar também a experiência, temos muitos jovens que precisam desse acompanhamento de experiência”, disse Abel em coletiva após a vitória por 3 a 1 sobre a Chapecoense. “Ele vem para isso: para nos dar mais uma solução. Nós já vínhamos dizendo que buscávamos mais um centroavante, portanto é um jogador que vai nos ajudar”, completou.

Abel Ferreira não deixou claro se pretende utilizar Deyverson já nesta semana, quando o Palmeiras decide vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil contra o CRB, na quarta-feira, antes de jogar clássico contra o Corinthians no sábado, pela terceira rodada do Brasileirão. As duas partidas serão disputadas no Allianz Parque.

Durante a coletiva no domingo, o treinador chegou a ser questionado sobre a possibilidade de poupar jogadores contra o CRB para priorizar o duelo contra o rival, mas considerou a opção inviável, já que está cheio de desfalques.”Como eu vou fazer isso? Por isso eu tenho que sentir orgulho de treinar essa equipe, dos mais novos aos mais experientes. Ainda hoje tínhamos apenas 19 jogadores disponíveis”, afirmou.

Depois de receber a confirmação de que o atacante Gabriel Veron, que já estava lesionado, e o zagueiro Michel testaram positivo para a covid-19, o técnico português viu o volante Patrick de Paula deixar o gramado com dores, ainda no primeiro tempo contra a Chapecoense. Antes, ele já não contava com Weverton, Matías Viña, Gabriel Menino e Gustavo Gómez, convocados para suas seleções, nem com os lesionados Kuscevic, Danilo e Danilo Barbosa.

Publicidade