23 de julho de 2024 Atualizado 00:07

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Abel desconversa sobre possível troca com Flamengo e diz contar com Dudu no Palmeiras

Por Agência Estado

07 de julho de 2024, às 22h09 • Última atualização em 08 de julho de 2024, às 11h09

Dudu voltou a ser assunto em entrevista coletiva de Abel Ferreira. Neste domingo, o treinador do Palmeiras desconversou ao ser questionado sobre uma possível troca com o Flamengo, envolvendo o ídolo alviverde e Gabigol. E afirmou contar com Dudu para o restante da temporada.

Os rumores sobre uma eventual troca entre Dudu e Gabigol surgiram neste domingo. E teriam surpreendido Abel. “Esse assunto eu tive conhecimento antes do jogo. Mas eu vou ser coerente com o que tenho dito. Não vou falar de especulação, de ‘novela’. Eu já disse várias vezes que assunto de transferência é com a diretoria. Treinador treina, roupeiro cuida da roupa, com todo o respeito”, declarou o treinador português.

Abel fez questão de explicar sua decisão de não colocar Dudu em campo durante a vitória do Palmeiras sobre o Bahia por 2 a 0, no Allianz Parque, em São Paulo. E avisou que a decisão não tem relação com a possível negociação com o Flamengo.

“Por que o Dudu não entrou hoje? Porque não estava para ele entrar. Contra o Grêmio, naquele campo, se é que posso chamar de campo, ele jogou 20, 25 minutos, e aquele é um campo que gera cansaço. Eu conto com todos os jogadores do Palmeiras, e conto com Dudu”, comentou, em referência ao empate com o time gaúcho, no meio de semana, em Caxias do Sul (RS).

Dudu ainda não conseguiu se estabelecer novamente entre os titulares do Palmeiras desde que voltou de cirurgia e se envolveu em uma frustrada e polêmica transferência para o Cruzeiro. O clube mineiro chegou a anunciar o acerto com o meia-atacante, mas a negociação não avançou por decisão do próprio jogador.

Neste domingo, Abel voltou a falar sobre as disputas por posição em seu time. E enfatizou que cada atleta terá que fazer bastante esforço para agarrar a sua chance. “Nossa equipe está bem. Não vou mexer na equipe que está bem. Quem chega tem que conquistar o lugar. Eu não dou camisa a ninguém. Regalias que meus jogadores têm, eles conquistam. Temos um elenco curto e esses três reforços vêm para nos ajudar”, disse, ao se referir às contratações de Giay, Maurício e Felipe Anderson.

Publicidade