Clube dos Cavaleiros já cogita nomes para 2020

Presidente do clube classificou a edição da Festa do Peão de Americana 2019 como "um grande sucesso"


A bota e o chapéu ainda nem voltaram para o armário e a versão 2020 da Festa do Peão de Americana já começa a ganhar forma. Nomes como Gustavo Lima, Felipe Araújo, Gustavo Mioto, Chitãozinho e Xororó, Marília Mendonça e Zé Neto e Cristiano estão na lista das atrações que o CCA (Clube dos Cavaleiros de Americana) cogita trazer de volta no próximo ano.

A data está definida: será entre os dias 10 e 21 de junho.

Foto: Adilson FotoPerigo
Show de Chitãozinho e Xororó foi um dos pontos altos do evento deste ano, segundo a organização da festa

A dupla Zé Neto e Cristiano correspondeu às expectativas e foi a atração de maior público, segundo antecipa Beto Lahr, presidente do CCA. Os números ainda não foram divulgados, mas o sucesso do show já era aguardado bem antes do início da festa. “É uma dupla que está em alta no mundo sertanejo e já esperávamos esse sucesso todo”, disse.

Embora o cantor Felipe Araújo não tenha atraído o mesmo público, ele também está cotado para voltar em 2020. O presidente da festa destaca a humildade e simplicidade do cantor, que lhe agradeceu pela oportunidade de se apresentar no palco de Americana.

“Ele fez um grande show e encantou todo mundo com o seu profissionalismo e jeito simples”, elogia o presidente, citando também a história de superação envolvendo o cantor. Ele é irmão de Cristiano Araújo, cantor morto há quatro anos em um acidente de carro, quando despontava para o cenário nacional da música sertaneja.

No geral, o presidente do CCA classifica a festa deste ano como “um grande sucesso” e cita uma combinação de fatores para explicar a superação, segundo ele, de todas as expectativas. “Os shows e rodeios foram de grande nível. Além disso, o clima também colaborou e o astral do público fez a gente lembrar dos tempos da Fidam”, disse, fazendo referência aos primeiros anos da festa, quando ela acontecia no recinto da Fidam (Feira Industrial de Americana), no Jardim Santana.

Rodeio

O encerramento da 33ª Festa do Peão de Americana definiu no domingo os campeões em três categorias do rodeio. Adriano Salgado, de 21 anos, venceu no Iron Cowboy, Kaio Henrique Barros liderou a montaria em cavalos, e Nível Reina levou a fivela no Três Tambores.

Em um dos duelos mais acirrados da noite, o peão Adriano Salgado superou nas semifinais o tricampeão mundial da PBR, Silvano Alves, que também já havia vencido o Iron Cowboy em Americana, em 2012. Na final, Salgado conquistou o título ao superar Fábio Eleutério.

Na decisão, o vencedor permaneceu 5,50 segundos no boi Impressionante, enquanto seu rival apenas 3,99 segundos no Mexicano. “Silvano Alves sempre foi meu ídolo. Disputar a semifinal com ele e ter outros campeões mundiais, como Adriano Moraes e Guilherme Marchi, me assistindo deu uma adrenalina”, afirmou Salgado.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora