Presépio de Carioba chega ao seu 65º ano de existência

A nova montagem, com 9 metros de comprimento, trata da Arca da Aliança e traz como tema a união


Renovando a tradição, o Presépio de Carioba foi reaberto para visitação na Igreja São João Batista e ganhou novos detalhes que representam sua 28ª passagem bíblica. A nova montagem trata da Arca da Aliança e o tema união. Com 65 anos de existência, a estrutura tem mais de 70 movimentos, 9 metros de comprimento por 2,5 de largura e no ano passado foi visitada por cinco mil pessoas, algumas delas de outros estados.

“O seo Tito Justi criou ele e tomava conta. Depois acabou adoecendo, aí eu fui ajudando ele e fui assumindo. Ele sempre pedia para criar uma coisa nova. Cada ano eu criava uma e acabou virando uma tradição. Todo mundo fica perguntando qual é a novidade”, conta Jader Grilo, um dos responsáveis por manter a tradição viva.

A passagem deste ano é sobre a Arca da Aliança (Êxodo 40:3): “Disse o Senhor a Moisés: ‘Arme o tabernáculo, a Tenda do Encontro, no primeiro dia do primeiro mês. Coloque nele a arca da aliança e proteja-a com o véu’”. “Acabamos criando essa passagem, que acho que tem a ver com os dias de hoje, procurar unir mais o povo”, explica Jader. Foram 15 dias de produção de uma cena na qual um grupo de pessoas está no entorno da arca que carrega as duas tábuas da lei, a vara de Aarão e um vaso do maná.

Um dos desafios de quem visita a estrutura é reconhecer as diversas passagens bíblicas ali presentes. Entre elas, estão Jonas e A Baleia, Sansão, os momentos nos quais Moisés transformou água em sangue e quando tirou água de uma rocha, a Arca de Noé, o nascimento e batismo de Cristo, a Santa Ceia e a Ressurreição. Também compõem os múltiplos cenários uma maquete da Igreja de São João Batista e miniaturas simbolizando eventos locais, como a procissão de São João Batista e quermesse na frente da igreja do bairro americanense.

Em suas décadas de existência, o presépio teve de mudar para o bairro Cordenonsi em uma época de deslocamento urbano que envolveu o bairro Carioba. Mas voltou à igreja, com a retomada das atividades, época na qual Jader começou a se envolver com a iniciativa. “Foi nessa época, em torno de 1994, que eu acabei entrando, junto com seo Tito, olhando o que ele fazia. É um dos únicos presépios que ainda funcionam aqui na região. Todo ano a gente tem buscado não deixar acabar essa tradição”, relata. Fiéis já vieram até do Rio de Janeiro para visitar a estrutura.

O presépio “sobreviveu”, inclusive, a um ataque de cupins, em 2004, e a revitalização trouxe mais novidades. “Tivemos que desmontar ele, tirar peças por peças, separando em caixa. Aí destruímos a bancada antiga. Era num nível só e resolvemos fazer outra bancada, com três níveis. Facilita a queda de água também”, acrescenta Jader.

ACONTECE: A visitação ao Presépio de Carioba vai ocorrer até o dia 6 de janeiro, Dia de Reis. Nas quartas, quintas e sextas, o público pode fazer visitas entre 19h e 22h; nos sábados, das 18h às 22h; e nos domingos e feriados, das 14h às 22h. A entrada é gratuita. A igreja fica na Rua da Lanterna, no Carioba.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!