Santa Bárbara recebe peça com atores mascarados

Em uma viagem de trem, “DesTino” traz o cruzamento das trajetórias de duas famílias que chegam a um mesmo fim


Foto: Divulgação
Sem o uso de palavras, grupo teatral de Campinas procura desenvolver novas técnicas de encenação para os palcos

O Teatro Municipal Manoel Lyra, em Santa Bárbara d’Oeste, recebe nesta quinta-feira, às 20h, o teatro de máscaras “DesTino – Quando O Que Está Dito Não Precisa de Palavras”.

O espetáculo é promovido pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, e Barracão Teatro, com apoio da Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo.

Com duração de 70 minutos e classificação 14 anos, o espetáculo é uma ficção conduzida por personagens mascarados, que não falam, mas se expressam profundamente.

Na história, um trem faz sua viagem conduzida pelo destino, que vai se anunciando através de paisagens que retratam fragmentos da vida de duas famílias que cruzam seus caminhos chegando, invariavelmente, a um único fim.

Numa mistura de alegria, medo, opressões, generosidades, solidão e mistérios, o desfecho se anuncia no decorrer do trajeto, mas não é evitado, porque está oculto no desejo de que nada seja o que evidentemente é, restando a perplexidade diante dos fatos.

“Com máscaras expressivas, criadas para este espetáculo sem palavras, rimos e choramos, brincamos e pensamos, mas acima de tudo, nos sensibilizamos com divertidas e trágicas realidades”, frisa Tiche Viana, diretora do espetáculo.

O elenco é formado por Cadu Ramos, Carol Novaes, Cintia Birocchi, Esio Magalhães, Fernando Fubá e Kara Catharina. A direção é de Tiche Vianna.

“DesTino” também será apresentado dentro da programação da 10ª Americana Mostra, em Americana, no sábado, às 20h, no Teatro Municipal Lulu Benencase.

O GRUPO. O Barracão Teatro é um espaço de criação e apresentação cênica, formado em 1998, por Esio Magalhães e Tiche Vianna, em Campinas. A característica fundamental de seus trabalhos é o teatro popular com base na máscara teatral, no palhaço, na commediadell’arte, na improvisação e no aprofundamento da atuação como veículo de expressão cênica.

Acontece. “DesTino – Quando O Que Está Dito Não Precisa de Palavras” será apresentado às 20h desta quinta-feira, no Teatro Municipal Manoel Lyra, localizado na Rua João 23, no Centro. A entrada é por contribuição espontânea – o público decide com quanto contribuir.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora