Ver Utilidades

Teatro

Abrir menu principal

Nathalia Timberg vive ícone da moda

Através das ideias arrojadas e do humor ácido de Iris Apfel, espetáculo em Campinas é um elogio à liberdade de 'ser o que se é'


“Mais é mais, menos é chato”, uma brincadeira com o velho “Menos é mais”, é o lema da novaiorquina Íris Apfel, 97 anos, empresária, designer de interiores e hoje uma das maiores referências mundiais na arte pop e no mundo fashion.

É sobre esta mulher que fala “Através da Iris”, solo de Nathalia Timberg com texto inédito de Cacau Hygino e direção de Maria Maya. A peça abre as comemorações pelos 90 anos de Nathalia, que se completam em 2019, com a atriz em plena atividade artística. A direção de produção é de Bruna Dornellas e Wesley Telles da WB Produções.

Foto: Rodrigo Lopes / Divulgação
A veterana brasileira Nathália Timberg festeja seus 90 anos nos palcos, vivendo uma ícone americana que continua na ativa aos 97

Na peça, Nathalia Timberg está em cena como Iris Apfel dando uma entrevista – ela abre sua casa e divide, com uma suposta equipe jornalística, suas histórias e opiniões.

Através das ideias arrojadas e do humor ácido de Iris Apfel, o texto é um elogio à liberdade de ser e de se expressar, em qualquer tempo da vida. Apfel, hoje aos 97 anos, inspira e surpreende artistas e criadores mundo afora.

Quando ainda atuava como designer de interiores, Iris, junto ao seu marido, Carl Apfel (morto em 2015, aos 100 anos), viajava o mundo em busca dos tecidos perfeitos para a clientela ilustre que incluía nomes como Estée Lauder, Jacqueline Kennedy Onassis e Greta Garbo.

A dupla foi chamada para decorar a Casa Branca por nove mandatos: Truman, Eisenhower, Nixon, Kennedy, Johnson, Carter, Reagan e Clinton.

“Uma das maiores surpresas que tive ao escrever ‘Através da Iris’ foi ter encontrado uma segunda personagem dentro da nossa ‘Estrela Geriátrica’. Não são apenas moda, estilo, frases ácidas e divertidas que permeiam seu universo. Descobri uma mulher de vida colorida – ela mesma fala que as cores ressuscitam os mortos – com uma larga experiência, movida pela vivacidade, bom humor e coragem. Encontrei uma Iris que serve de exemplo para todos aqueles que desistiram da vida. Ela tem 97 anos e uma imensa alegria de viver”, vibra o autor Cacau Hygino.

A diretora Maria Maya, em parceria com o autor Cacau Hygino, concebeu o espetáculo como um documentário cênico.

Os depoimentos da atriz no palco se misturam às suas aparições em vídeos projetados no cenário. As ações presenciais dialogam com as ações virtuais, numa interação em tempo real com o que se passa no palco.

ACONTECE

O espetáculo “Através da Íris” será apresentado neste domingo, a partir das 17h, no Teatro Iguatemi Campinas (Avenida Iguatemi, 777, Vila Brandina). Os ingressos custam R$ 110 (inteira) e R$ 55 (meia) e podem ser comprados na bilheteria ou em www.ingressorapido.com.br.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!