Entrega do Teatro Municipal de Hortolândia é adiada

Com liberação inicialmente programada para 2015, a estrutura depende de acertos finais para que seja inaugurada


A entrega do Teatro Municipal de Hortolândia teve mais um adiamento e, agora, ficou para o primeiro semestre de 2019, segundo a prefeitura. Com liberação inicialmente programada para 2015, a estrutura depende de acertos finais para que seja inaugurada. A estrutura do prédio foi concluída em julho do ano passado.

De acordo com a Secretaria de Cultura, Esportes e Lazer, para a entrega do espaço falta finalizar o trabalho de adequação da parte acústica e a instalação de poltronas, cortinas, elevador de acessibilidade ao palco e equipamentos de som. A justificativa é a mesma que foi comunicada ao Liberal em julho deste ano, quando o Executivo apontou que a entrega ocorreria até o final de 2018.

Foto: Prefeitura de Hortolândia / Divulgação
Entrega do Teatro Municipal de Hortolândia é prevista somente para o primeiro semestre de 2019

Agora, a pasta aponta que as licitações para concluir a adequação acústica e a aquisição dos itens mencionados serão abertas no início de 2019. Apesar dos adiamentos, o custo da obra permanece o mesmo, ainda conforme a administração. O gasto apontado para a construção do prédio é de R$ 2,23 milhões, segundo placa instalada no local durante os serviços.

A viabilização do espaço é uma das metas previstas no Plano Municipal de Cultura. “Essa administração realmente pegou essa obra parada, houve esse atraso sim, mas nessa administração a coisa tem andado. Desde que assumimos a nova gestão, foi feito forro acústico, tratamento acústico nas paredes, colocação de ar condicionado. A única coisa que ficou faltando foram as cadeiras”, afirmou ao Liberal o gerente de fomento da Secretaria de Cultura, Tim Mendes, em julho deste ano.

O teatro será o primeiro na cidade, tendo capacidade para 250 pessoas e funcionará no Setor Cultural Arlindo Zadi, localizado na Rua Graciliano Ramos, 280, Jardim Amanda. A previsão é que receba peças e espetáculos teatrais e seja utilizado pelos alunos das Formações Culturais de teatro ministradas pela prefeitura no próprio setor. O Setor Cultural Arlindo Zadi integra o complexo do Parque Socioambiental do Jardim Amanda, que conta ainda com os setores esportivo e aquático.

A prefeitura ressalta que também conta com um anfiteatro no interior da Escola de Artes Augusto Boal, na Emef (Escola Municipal de Educação Fundamental) Marleciene Presta Bonfim e a Emef Amanda 2, para realizar apresentações artísticas e culturais no município.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!