12 de julho de 2024 Atualizado 17:12

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Cultura

Rafael Cardoso volta à web, mostra harmonização facial e diz que não vê os filhos há um ano

Por Agência Estado

15 de junho de 2024, às 16h52

O ator Rafael Cardoso, de 38 anos, voltou às redes sociais nesta sexta-feira, 14, três meses após ser denunciado por agressão ao gerente de um bar na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. Na ocasião, ele disse que estava sob efeito de medicação e pediu desculpas.

O artista revelou que passou por uma harmonização facial durante o período em que ficou afastado das redes. Ele compartilhou o resultado, que também foi divulgado pela médica Fernanda Rocha.

“Como ele é um ator que está sempre presente em várias telas, Rafael busca sempre manter a naturalidade em sua aparência”, escreveu ela.

Em uma entrevista ao programa Desconecta Rio, da TV Caras, divulgada na sexta, o ator revelou que está há um ano sem ver os filhos Aurora, de 8 anos, e Valentim, de 5. Os dois são fruto do relacionamento com Mariana Bridi, com quem foi casado por 15 anos. O casal se separou em 2022.

“Sempre fui muito família, sempre cuidei dos filhos efetivamente. Não era pai de Instagram. É difícil uma ruptura dessas. Estou há um ano sem vê-los pessoalmente. Tudo isso bagunça a cabeça. Não estou aqui para me vitimizar. Não sou vítima e nem quero ser, mas isso mexe com a gente”, afirmou.

Ele também é pai de Helena, que nasceu no final de 2023, fruto de um breve relacionamento com a psicóloga Carol Ferraz. Na sexta, ele também divulgou fotos da pequena: “Comendo a comidinha do papai! Como sempre fiz a de Aurora e Valentim… com a Helena não poderia ser diferente!”, escreveu.

Agressão e polêmicas
Cardoso foi denunciado por uma agressão ocorrida no dia 26 de fevereiro, quando o ator estava em um bar na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Ele teria agredido o gerente de um bar após uma discussão, conforme registraram câmeras de segurança no local (veja aqui). O caso foi registrada pelo 16º DP, segundo a Polícia Civil do Estado.

No dia 4 de março, ele pediu desculpas nas redes sociais. Em nota, a equipe de Cardoso escreveu que ele estava sob “efeito de medicação”, mas admitiu que isso “não justifica o erro”. A equipe disse que o ator responderia “às consequências em todas as áreas cabíveis”. O post não está mais disponível no perfil dele.

Em junho de 2023, ele também se envolveu em uma polêmica e foi acusado de homofobia após compartilhar um vídeo do comediante Nego Di. O humorista havia feito uma publicação na última em que zombava da roupa escolhida por João Guilherme durante a Semana de Moda em Paris.

“Bah, ‘negão’, estou contigo (sic)”, escreveu Rafael em uma postagem nos stories do Instagram. No vídeo em questão, Di supôs que o artista seria homossexual por escolher usar um cropped. “Que pouca vergonha”, iniciou o comediante. “Não vou aceitar. … Ele se veste igual uma c****** e vira o terror dos homens de masculinidade frágil”, disse.

Publicidade