23 de julho de 2024 Atualizado 11:48

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Cultura

Quanto custa o novo Disney+ depois da fusão com Star+; opção mais barata tem anúncios

Por Agência Estado

05 de junho de 2024, às 18h23

A fusão entre as plataformas de streaming Disney+ e Star+, que ocorrerá em 26 de junho, trará mudanças nos preços das plataformas para os assinantes. Com a junção, será possível contratar três tipos de planos: o Padrão, Padrão com anúncios e o Premium. No Padrão, as empresas parceiras podem oferecer descontos, mas há desvantagens, como comerciais extras e qualidade de áudio e vídeo reduzidas.

Preços da Disney+ Padrão e Disney+ Padrão com anúncios
O preço da versão Padrão do streaming será de R$ 43,90 mensais e R$ 368,90 no plano anual que, apesar da economia de R$ 157,90, só pode ser pago à vista. O serviço inclui o catálogo completo do Disney+ e os filmes e séries do Star+, ambos sem intervalos comerciais, além dos canais esportivos ESPN e ESPN 3 (com anúncios). A qualidade de áudio ofertada é de 5.1, enquanto a de vídeo é de 1080p em FullHD.

Neste plano, é possível assistir ao streaming em dois dispositivos diferentes e realizar o download de obras do catálogo em até 10 aparelhos, com um limite de 25 downloads possíveis.

Através de empresas parceiras, é possível assinar o plano Disney+ Padrão com anúncios. O Meli+, por exemplo, que faz parte da empresa Mercado Livre, cobrará R$ 17,90 mensais pelos streamings. As outras empresas que possuem parceria com o streaming são: Amazon, Apple, Claro, DGO, Globoplay, Google, Roku, Sky, TIM e Vivo.

Preços da Disney+ Premium

No plano Premium, o preço mensal é de R$ 62,90, e o anual é de R$ 527,90. A diferença entre o valor pago mensal e o anual é de R$ 226,90, mas também só poderá ser pago à vista. Dentro do plano, será possível acessar o catálogo completo do Disney+ e do Star+ sem intervalos comerciais, todos os canais esportivos e eventos exclusivos da ESPN. A qualidade de áudio e vídeo também são melhores, com Dolby Atmos na parte sonora, e 4K UHD e HDR no visual.

O número de dispositivos que poderão acessar o dispositivo simultaneamente serão 4, mas o número de downloads continua sendo possível apenas em 10 aparelhos e com 25 downloads totais. As empresas parceiras do serviço também oferecerão preços diferentes dentro do plano Premium. São elas: Mercado Livre, com o Meli+, Amazon, Apple, Claro, DGO, Globoplay, Google, Roku, Sky, TIM e Vivo.

Publicidade