Praça recebe exposição com artigos e veículos militares

Praça Comendador Müller recebe exposição neste sábado, em remissão a conflitos marcantes, como a Segunda Guerra Mundial e a Revolução de 1932


Julho é historicamente o mês no qual memórias militares ganham força, principalmente por abrigar uma das datas cívicas mais importantes do Estado de São Paulo. Foi no dia 9, em 1932, que teve início a Revolução Constitucionalista. Em Americana, a história das forças armadas recebe mais uma exposição neste sábado, quando artigos e veículos serão reunidos por ex-atiradores e colecionadores na Praça Comendador Müller, das 10h às 13h.

A mostra é realizada pela Associação dos Antigos Atiradores de Americana e a CVMAISP (Companhia de Viaturas Militares Antigas do Interior de São Paulo) e tem apoio da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Secretaria de Cultura e Turismo de Americana.

Foto: Marcelo Rocha / O Liberal
A exposição de veículos e artigos militares na Praça Comendador Müller, em Americana, vai acontecer das 10h às 13h deste sábado

Proprietário da agência de publicidade Capaz e representante de um grupo de lojistas do Centro, que também apoia o evento, Paulo Scalco explica que a mostra vai ocorrer como uma extensão do encontro de ex-atiradores, que acontece há cinco anos no Tiro de Guerra da cidade. Na praça, no entanto, será a primeira no formato de exposição.

“No ano passado eles vieram de comboio do portal até no Centro de Americana e deram uma passada na Praça Comendador Müller e deu um bom público. Por isso decidimos fazer esse evento”, explica.

Segundo ele, além do acervo histórico estarão expostos materiais e viaturas do 19º Batalhão da Polícia Militar e viatura do Corpo de Bombeiros. A organização também vai arrecadar alimentos não perecíveis, que serão doados a instituições sociais.

“Eles [expositores] trazem veículos de vários pontos do Estado, como Campinas, Vinhedo, São Paulo… Começamos com um total de oito viaturas e estamos com 20 hoje. São viaturas de uso do exército, de colecionadores, que também vão expor réplicas de armamento da época de Segunda Guerra, da Revolução, onde esses carros de combate foram utilizados”, explica Marcelo Montrazio, membro da associação dos antigos atiradores.

Foto: Marcelo Rocha (9)
1907 Encontro de Ex-atiradores

Como há essa rotatividade de expositores, Marcelo informou que não seria possível dar detalhes do acervo que será exposto em Americana, mas em eventos da CVMAISP em outras cidades já foram levados jipes, canhões, caminhões, tanques, fuzis, metralhadoras, facas, granadas, telefones militares, galões de combustível, máscaras de gás, fardas e até lança-mísseis.

NA CÂMARA

Uma exposição gratuita sobre a Revolução de 1932 está aberta na Câmara até o dia 31, das 8h às 17h, com fotografias, cartazes e reproduções de textos e jornais da época.

Foto: Marcelo Rocha (12)
1907 Encontro de Ex-atiradores

E no dia 25, às 19h, o prédio do Legislativo recebe a palestra “Inverno Escarlate: Morte e Vida nas Trincheiras do Front Leste” sobre o livro homônimo do historiador Eric Apolinário. Inscrições gratuitas pelo e-mail ciclopalestrashistoricas@gmail.com.

Acontece: A exposição de veículos e artigos militares na Praça Comendador Müller, em Americana, vai acontecer das 10h às 13h deste sábado. A visitação é gratuita.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora