20 de julho de 2024 Atualizado 10:48

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Cultura

Olivia Munn, de ‘X-Men’, confessa que ficou devastada com mastectomia dupla

Por Agência Estado

05 de junho de 2024, às 11h34 • Última atualização em 05 de junho de 2024, às 14h37

A atriz Olivia Munn, intérprete da Psylocke em X-Men Apocalipse, revelou um diagnóstico de câncer de mama em março, além da realização de uma mastectomia dupla preventiva. Durante o podcast She MD, em que participou na terça-feira, 4, Olivia, que tem 43 anos, explicou sobre o momento devastador que viveu.

Ela revelou que o momento em que se viu no espelho, logo após a mastectomia, foi quando chorou pela primeira vez desde a descoberta do câncer. “Eu estava no banheiro, e olhei para os meus seios, e chorei de uma maneira que nunca havia chorado na vida. Eu estava devastada. Não conseguia me reconhecer, não sabia como me vestiria daqui para frente. Tem tantas coisas que nunca mais serei capaz de vestir”.

Sobre o processo do diagnóstico, a atriz comentou que seu tumor na região foi do tipo luminal B, considerado extremamente agressivo e raro, em estágio 1 e em ambas as mamas. “Foi assustador. O pior cenário possível”. Ela havia dado à luz o filho apenas um ano antes.

Olivia, que é casada com o comediante John Mulaney, de 41 anos, comentou que sente vergonha de seu corpo após o procedimento cirúrgico, pois os implantes colocados tiveram que ser de um formato específico devido à retirada de todo o tecido que envolve suas mamas.

“É uma das razões pelas quais eu deixei meu cabelo crescer. Queria poder esconder as cicatrizes, esconder os lados do implante e me sentir confortável com isso”, finalizou ela.

Publicidade