Tony Tornado canta em Piracicaba

Acompanhado da banda Funk Essência, músico e ator apresenta sucessos da carreira e homenageia o amigo Tim Maia


Ícone da black music, com mais de 50 anos de carreira e 88 de idade, o ator e cantor Tony Tornado sobe ao palco do Sesc Piracicaba nesta sexta-feira, às 20h. No repertório músicas como “BR3”, “Pode Crer, amizade”, “Uma Vida”, além de funk americano e soul music brasileira. Desde que fugiu de casa aos 11 anos, o artista não parou. Atualmente, se apresenta junto à banda Funk Essência e seu filho. A apresentação terá uma homenagem ao cantor Tim Maia.

Foto: Divulgação
Tony Tornado faz seu gesto antirracista típico dos anos 1960

Este show integra o projeto especial “Quilombo – Representatividade e Cultura”, que começou no início do mês, com o objetivo de ativar os focos de resistência e promover um resgate da participação negra na construção de Piracicaba. A programação contemplou bate-papos, oficinas, lançamentos de livro e cursos.

Aos 11 anos de idade, Antônio Vianna Gomes, que mais tarde seria conhecido como Tony Tornado, fugiu de casa e foi parar no Rio de Janeiro, onde se tornou menino de rua e ganhava a vida vendendo amendoim e engraxando sapatos. Aos 18 anos, serviu na Escola de Paraquedismo de Deodoro junto com o futuro empresário e apresentador Silvio Santos. Tony iniciou sua carreira artística nos anos 1960, com o nome artístico de Tony Checker, dublando e dançando no programa “Hoje é dia de Rock”, de Jair de Taumaturgo. Nessa época, Tony imitava os cantores Chubby Checker e Little Richard.

Ainda nos anos 1960, viajou aos Estados Unidos e morou por cinco anos em Nova York, trabalhou em vários locais, como em um lava-rápido. Nessa época, Tony conheceu outro brasileiro que também morava lá, o também cantor Tim Maia. De volta ao Brasil, trabalhou no conjunto de Ed Lincoln. Cantou também numa boate cujo dono o obrigava a se passar por estrangeiro. Em 1970, adotou o nome com o qual passou a ser conhecido: “Tony Tornado”. Influenciado por James Brown, Tony foi um dos artistas que introduziu a soul music e o funk na música brasileira.

Nesse mesmo ano, ao lado do Trio Ternura, apresentou a canção “BR-3”, que conseguiu o primeiro lugar no “5º Festival Internacional da Canção”, com sua interpretação imponente e marcante, junto a rodopios e maneira de dança particular. Essa tornou a dança mais praticada e imitada no país.

DRAMATURGIA
Estreou na televisão em 1972, com a novela “Jerônimo”, da TV Tupi. Participa frequentemente de várias novelas e minisséries. Seu papel de maior destaque na televisão foi Gregório Fortunato, o Anjo Negro, chefe da segurança pessoal do presidente e estadista Getúlio Vargas, na minissérie “Agosto” (1993), baseada na obra de Rubem Fonseca.

Atualmente, Tony encontra-se no elenco da série “Carcereiros”, na Rede Globo. Além disso, com mais de 50 anos de carreira, voltou a se apresentar nos palcos de todo país cantando seus maiores sucessos, acompanhado da banda Funk Essência e de seu filho, o cantor e também ator Lincoln Tornado.

Acontece
Tony Tornado se apresenta no Sesc Piracicaba a partir das 20h desta sexta-feira. Os ingressos custam entre R$ 5 e R$ 17 e podem ser comprados em https://www.sescsp.org.br ou na bilheteria.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!