Juca Jazz abre temporada 2020 neste domingo

Evento acontece na Praça do Coreto, no Jardim São Paulo, reunindo música e lazer para o público; outras duas edições devem ocorrer até dezembro


Encontro de DJs e feira de venda e troca com mais de três mil itens em vinil dão o tom da primeira edição do movimento Juca Jazz em 2020. O evento acontece neste domingo, na Praça José Rampazzo no Jardim São Paulo, em Americana, a partir das 10 horas.

A programação também inclui feira de artesanato, espaço com entretenimento para crianças e pets, artes circenses, capoeira, espaço saúde e praça de alimentação.

Foto: Juarez Godoy / Divulgação
DJ Viny Blanco

As atrações deste domingo abrem a temporada anual do movimento. Até o final do ano acontecerão mais três. Ele existe há quatro anos em Americana, mas na praça completa um ano em abril. “A praça é nossa base mais importante”, diz Juarez Godoy, idealizador e diretor do Juca Jazz.

Segundo ele, a proposta do movimento sempre foi estar nas ruas. “Ir para a praça era um sonho desde o início porque o jazz, em sua origem, nasceu na praça, nas ruas de Nova Orleans – sul dos Estados Unidos. Por isso, realizar o Juca Jazz na praça tem um significado a mais”, avalia.

Para Juarez, o Juca Jazz se diferencia dos demais eventos realizados em espaços públicos. “Ele é diferente de tudo, o apelo é outro. Não tocamos a música que está fazendo sucesso nas rádios. Mostramos o outro lado da arte”.

O idealizador informa que a resposta do público à iniciativa tem sido gratificante. “A receptividade é enorme e surpreende sempre. É um mix muito interessante de pessoas e famílias num ambiente muito agradável”.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora